Anúncios

A imagem de satélite do meio-dia deste sábado (30) mostra áreas de instabilidade muito intensas sobre a província argentina de Entre Ríos e que começam a ingressar no Sul da província de Corrientes e em departamentos do Litoral Oeste do Uruguai com tendência de progressão para o restante do Uruguai e parte do Rio Grande do Sul.

A instabilidade passou pela província de Córdoba, onde provocou transtornos.  As intensas precipitações trouxeram rápida subida dos rios na região das serras cordobesas com transbordamentos. Na cidade de Córdoba, choveu 80 mm em apenas duas horas com alagamento de ruas, queda de árvores e o transbordamento de canais. 

Alagamentos em Córdoba na manhã deste sábado | Defesa Civil

Gustavo Folli, diretor de Defesa Civil do Município de Córdoba, confirmou ao diário La Nueva Mañana que a tempestade afetou toda a cidade. “A particularidade deste temporal é que foi uma chuva intensa em período muito curto. Choveu entre 50 e 80 milímetros entre 4h e 6h da manhã”, informou.

O quadro é de alto risco de tempestades severas entre hoje e amanhã no Nordeste argentino e no Uruguai. O Serviço Meteorológico Nacional da Argentina emitiu um alerta laranja para a região.

Sudestada e Uruguai

Um centro de baixa pressão se desloca para o Uruguai, trazendo muitas tempestades ao interagir com o ar tropical quente e úmido. A instabilidade aumentará muito da tarde para a noite deste sábado em províncias centrais da Argentina e avançará com mais força para o Uruguai.

Espera-se um episódio de Sudestada neste fim de semana com forte vento na região do Rio da Prata, atingindo tanto as margens da Argentina como do Uruguai pelo deslocamento da área de baixa pressão. 

Rio Grande do Sul sob alerta

Este sistema de baixa pressão vai perturbar a atmosfera em toda a região com tempestades na Argentina, Uruguai, Sul de Brasil e Paraguai. São esperados temporais no Rio Grande do Sul.

A MetSul Meteorologia adverte que a região Oeste do Rio Grande do Sul tem um alto risco de temporais neste sábado até o fim do dia. Dados analisados sugerem a possibilidade de que alguns temporais isoladamente possam ser fortes a severos com chuva muito intensa com elevados volumes em curto período, além de vendavais localizados e queda ocasional de granizo em alguns pontos. As cidades na área de risco incluem Quaraí, Uruguaiana, Itaqui, Alegrete, Maçambará, Barra do Quaraí, São Borja e outros municípios próximos como Livramento e Rosário do Sul.

No domingo (31), intensas áreas de instabilidade podem atingir Misiones na Argentina, o Noroeste e o Norte do Rio Grande do Sul, organizando uma linha de tempestades que avançaria para Santa Catarina e e Paraná.

Anúncios