Anúncios

A tarde desta sexta-feira, 23 de agosto de 2013, pode ter sido a mais fria com chuva na Capital e Grande Porto Alegre desde o dia 24 de agosto de 1984, data que está na memória climática dos gaúchos pela neve que caiu em muitas cidades, inclusive em Porto Alegre, onde chegou a ocorrer acumulação nos morros. A temperatura registrada em estação no bairro da Lomba Grande (270 metros de altitude), no interior de Novo Hamburgo, às 17h desta sexta-feira era de apenas 3,9ºC. Digitais de rua no Centro de Novo Hamburgo já às 16h marcavam apenas 3ºC (foto de Alexandre Pinto via Twitter da MetSul Meteorologia).



Campo Bom registrava às 15h apenas 7,8ºC, a menor marca no horário na estação desde sua abertura em 1984, igualando o recorde anterior de 7,8ºC de 1º de agosto de 1991, mas às 17h hoje a temperatura já havia caído para 5ºC na cidade. Às 18h, Campo Bom registrava trovoadas na mesma hora que fazia 4ºC na região do Vale do Sinos. Nunca se tinha visto trovejar na região com temperatura tão baixa, ao menos nos últimos 30 a 40 anos de observação. Se trovoadas com marcas abaixo de 10ºC na Grande Porto Alegre já são raras, abaixo de 5ºC foge muito à normalidade e até à lógica climática histórica regional.


Termômetros digitais de rua marcavam apenas 7ºC sob chuva no Mercado Público no meio da tarde – Vinicius Roratto/CP


Termômetro digital de rua junto ao Parque da Redenção marcava 4ºC no fim da tarde, mas fazia 6ºC na região – Leo Jumpeer

O frio foi excepcional à tarde também em Porto Alegre nesta sexta. Em 24 de agosto de 1984, quando nevou, a temperatura caiu a apenas 2ºC a 3ºC, com chuva, às 15h e 16h. Hoje, não baixou de 5ºC na Capital. A mínima do dia na estação automática do Inmet no Jardim Botânico ocorreu entre o meio e o final da tarde com 5,6ºC após o dia ter começado com 11ºC. No dia da neve, em agosto de 1984, a temperatura também caiu ao longo do dia com o máximo do frio à tarde na Capital.



A MetSul Meteorologia mantém o alerta de chuva volumosa no Centro, Norte e no Leste do Estado, incluindo Porto Alegre, com risco de transtornos neste fim de semana. Podem ocorrer alagamentos, queda de barreiras em rodovias, deslizamentos de terra e subida de arroios e córregos. A MetSul mantém ainda o aviso de forte elevação e risco de cheias dos rios Taquari, Caí, Antas, Sinos, Paranhana e Gravataí, dentre outros. Sinos, Gravataí e Caí são os que mais preocupam pela chuva mais intensa a Nordeste do Estado. O grande volume acumulado desde quinta em Porto Alegre e a vazão nos próximos dias das bacias alimentadoras podem provocar também cheia no Guaíba na próxima semana.

Anúncios