Anúncios

O verão astronômico começará apenas no dia 21 de dezembro, mas o denominado verão meteorológico (trimestre de dezembro a fevereiro) teve início ontem. Nas ruas de Porto Alegre neste quente começo de dezembro, entretanto, o que predomina ainda é a coloração da primavera com espetáculo garantido pela vegetação da capital gaúcha.

METSUL METEOROLOGIA

Entre os bairros Moinhos de Vento e Floresta, o corredor verde formado por enormes árvores na Rua Marquês do Pombal proporcionava um colorido todo especial com calçadas e a rua formando um verdadeiro tapete amarelo para o deleite de quem passava pelo local. Muitos até paravam para tirar fotografia.


De acordo com o ranking de arborização do IBGE, que analisou as cidades com mais de um milhão de habitantes em todo o Brasil, Goiânia é a cidade mais arborizada (89,5%), seguida de Campinas (88,4%) e Belo Horizonte (83%). Porto Alegre aparece em quarto lugar no ranking, com 82,9% de arborização. Paradoxalmente, a cidade de Manaus, na Amazônia, é uma das piores com 25,1%.

Os benefícios da arborização são muitos para o microclima local e a população. Conforto térmico, sombra, fotossíntese, atenuador da poluição sonora e controle da umidade do ar são algumas das inúmeras contribuições que uma cidade arborizada pode trazer para sua população.


O levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que há uma carência de árvores nas cidades brasileiras. Um terço dos domicílios em áreas urbanas não tem uma árvore sequer em seu entorno. São 14,9 milhões de moradias (32% do total pesquisado) onde vivem 50,5 milhões de pessoas (33%).

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre (SMAM), a primeira pasta do setor ambiental do país, destaca que a arborização de vias públicas da capital gaúcha teve início ainda na metade do século passado. Nas ruas de Porto Alegre são encontradas mais de 173 espécies arbóreas, dentre as quais 18 são predominantes, totalizando 83,53% da população arbórea viária. Entre elas se destaca nesta época do ano o Guapruvu (Schizolobium parahyba).

Anúncios