Anúncios

A temporada de inverno está em pleno andamento em todo o Hemisfério Norte e os países estão experimentando o clima frio em diferente níveis. Na Sibéria, Rússia, um descomunal centro de alta pressão está trazendo frio extremo nesta semana. Diversas estações na Rússia reportaram 50°C abaixo de zero nesta quarta-feira com registros de até 52°C negativos. 

Um usuário da rede social Twitter compartilhou as fotos de um ovo e macarrão que foram congelados em pleno ar devido ao ambiente excepcionalmente gelado. 

A imagem foi compartilhada no Twitter pelo usuário @olegsvn, natural da cidade de Novosibirsk, na Sibéria, Rússia, que é conhecida por enfrentar temperaturas extremamente baixas durante o ano. Ele compartilhou o clique junto com a temperatura no momento em que foi tirado, que era de 45°C abaixo de zero.

O Centro Hidrometeorológico da Rússia segue prevendo para a Sibéria Ocidental e Central temperaturas de até 50°C a 60°C negativos, cerca de 20°C abaixo das médias de dezembro.

Clique aqui para ler as noticias do clima mundial em Planeta Clima

Segundo Roman Vilfand, diretor científico do Centro Hidrometeorológico, o frio extremo também é consequência das mudanças climáticas, destacando que “o aquecimento global não se resume apenas a altas temperaturas, mas também uma grande amplitude de variabilidade”.

A Sibéria teve um 2020 de temperatura excepcionalmente acima da média com calor de até 40°C no verão, o que é absurdamente fora do comum na região.

Anúncios