Anúncios

O fim de semana deve ter temporais isolados no Sul do Brasil. Uma massa de ar quente sobre a região vai favorecer a ocorrência de tempestades isoladas que devem ocorrer com a formação de nuvens muito carregadas localizadas em uma atmosfera quente, úmida e muito instável. A possibilidade de danos por vento ou granizo em setores muito isolados não pode ser descartada.

O risco de temporais localizados neste sábado e no domingo é maior em Santa Catarina e no Paraná. No Rio Grande do Sul, a possibilidade de tempo severo é muito menor, exceto por áreas limítrofes com Santa Catarinas nas regiões do Médio e do Alto Uruguai. O risco é maior nos territórios catarinense e paranaense porque a atmosfera estará mais aquecida, portanto mais instável, nestes dois estados.


Os índices de instabilidade pelos modelos numéricos projetados para amanhã e domingo são altos em Santa Catarina e no Paraná, especialmente em horas da tarde e noite. Por exemplo, o índice CAPE (Convection Available Potential Energy) indica altas taxas de instabilidade para os dois estados tanto na tarde de amanhã como a do domingo. Já para esta sexta-feira os índices são altos, mas o risco de temporais é maior durante o fim de semana.

A possibilidade de tempestades será maior da tarde para a noite, uma vez que o aquecimento diurno trará forte calor sob uma massa de ar quente e criará as condições termodinâmicas para a formação de nuvens de temporais. Em alguns pontos, entretanto, tempestades podem ocorrer na madrugada.

Os valores de refletividade indicados pelo modelo WRF, acessível ao assinante na seção de mapas, mostram núcleos isolados de intensa instabilidade, típicos de temporais, para amanhã e o domingo, especialmente sobre o Paraná que pode ter tempestade em ponto localizados em diversas regiões. O risco de temporal não pode ser afastado na área de Curitiba tanto no sábado como no domingo.

Algumas das áreas de instabilidade com potencial para temporal devem avançar do Paraná para o interior do estado de São Paulo. O calor estará intenso no Oeste e no Noroeste paulista, áreas que têm risco acentuado de tempo severo isolado neste fim de semana.


Sempre é importante recordar que estes temporais associados ao ar quente são muito isolados e que não se pode antecipar muitas horas antes qual localidade pode ser atingida e com qual intensidade. O que se pode delimitar é uma região que apresenta maior risco.

Estes temporais isolados são comuns nesta época do ano pelo calor e em algumas situações podem ser fortes a severos com danos em consequência de vendavais ou granizo de maior diâmetro

Anúncios