Anúncios

O estado de São Paulo terá uma sexta-feira de muito calor. Massa de ar quente cobre hoje o território paulista e será responsável por uma tarde com temperatura muito alta que lembrará os dias de calor mais intenso do final da estação seca no mês de setembro com marcas acima dos 35ºC em diversas cidades.

De acordo com o meteorologista William Monte, da MetSul Meteorologia, o Noroeste e o Oeste paulista devem ser as regiões com marcas mais elevadas. Os termômetros na tarde de hoje vão indicar máximas que devem superar os 35ºC. Ontem, o dia já muito quente com máximas de 36,8ºC em Valparaíso, 35,2ºC em Presidente Prudente, 34,9ºC em Votuporanga e 34,8ºC em Tupã.


As regiões de Valparaíso e Presidente Prudente devem ser novamente a de calor mais intenso hoje com marcas que podem atingir até 36ºC a 38ºC. As áreas de Franca e Ribeirão Preto igualmente devem ter um dia de temperatura alta, mas sem a mesma intensidade do Oeste paulista. As máximas, no geral, serão de 32ºC a 33ºC com valores em alguns pontos mais altos.

Monte destaca que o calor, entretanto, não deve se fazer presente hoje em todo o estado de São Paulo. A cidade de São Paulo, por exemplo, deve ter máxima ao redor de 27ºC na tarde desta sexta, observa. No Litoral paulista, a temperatura também não sobe muito.

A temperatura muito alta pode trazer temporais da tarde para a noite de hoje no interior paulista, contudo em pontos muito isolados. Como vai estar muito quente, um temporal ou outro pode ser de forte intensidade. No geral, a maioria dos municípios paulistas terminará o dia sem chuva.


Calor segue no fim de semana

O intenso calor no Oeste e no Noroeste de São Paulo não deve se resumir ao dia de hoje. O fim de semana terá a persistência da temperatura bastante elevada no Oeste e no Noroeste de São Paulo com máximas que vão superar os 35ºC na região tanto no sábado quanto no domingo. A chuva seguirá escassa com pancadas e temporais apenas em pontos muito localizados.

Na próxima semana, uma massa de ar frio de trajetória marítima deve alcançar o Sul e o Leste do estado paulista, trazendo marcas mais agradáveis e abaixo da média desta época do ano. O ar mais frio costeiro deve se intensificar no final da semana que vem e deve ser precedido por chuva na cidade de São Paulo, mas que na maioria dos pontos não deve ter volumes altos.

Anúncios