Anúncios

Estação meteorológica do Morro da Igreja está a 1.800 metros de altitude em instalação da FAB | Paulo Inácio/FAB/Arquivo MetSul

A estação meteorológica do Morro da Igreja, em Santa Catarina, igualou no amanhecer de hoje o seu recorde de mínima para o mês de julho que era de 2013 com uma marca de 7,8ºC abaixo de zero. A estação encontra-se no alto do Morro da Igreja, em instalações do controle aéreo do Sul do Brasil da Força Aérea Brasileira, a uma altitude de 1.800 metros, entre os municípios de Bom Jardim da Serra e Urubici. O equipamento encontra-se em operação desde 16 de junho de 2007.

A temperatura entre 6h e 7h da manhã desta quarta-feira variou entre -7,2ºC e -7,7ºC. Na faixa horária as rajadas de vento na estação chegaram a 73 km/h. Utilizando-se a fórmula mais moderna de sensação térmica do National Weather Service dos Estados Unidos, e em vigor desde 2001, a sensação térmica no horário no Morro da Igreja chegou a -20ºC.



Por que esta estação é importante? Apesar de não haver uma cidade na altitude em que se encontra e apenas uma base da Aeronáutica, a estação do Morro da Igreja é a mais alta do Sul do Brasil. Por isso, ela é o melhor registro em superfície que existe para se avaliar a potência de uma massa de ar polar quando do seu ingresso, quando o frio é mais intenso em pontos altos de áreas de altitude.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O fato de a estação do Instituto Nacional de Meteorologia no Planalto Sul Catarinense registrar logo no primeiro dia do ingresso do ar mais gelado, que vai ainda se intensificar, o seu recorde de mínima para o mês de julho – igualando o registro de mínima recorde de julho de 2013 – indica a grande e incomum intensidade da massa de ar frio de origem polar que ingressou no Sul e agora avança para Norte pelo Brasil.

Anúncios