Anúncios

Municipío de Canoas têm plano especial de enfrentamento ao frio e de acolhimento de vulneráveis | Gustavo Garbino/Prefeitura de Canoas

Mobilização estadual para preservar vidas durante a poderosa onda de frio que começa e vai até o final da semana. Prefeituras de diversos municípios adotaram planos de ação para atender a população desabrigada ou em condição de vulnerabilidade social, aumentando a oferta de abrigos e distribuindo agasalhos.

A Prefeitura de Canoas, por exemplo, anunciou a prorrogação da ação de acolhimento para moradores de rua no Centro Olímpico Municipal (COM). A atividade, que teve início em 29 de junho, seguirá até o dia 15 de agosto. A iniciativa tem como objetivo acolher essa população devido ao frio intenso dos próximos dias.


Em Porto Alegre, uma força-tarefa foi montada entre secretarias e está ampliando a estrutura da Operação Inverno, com acolhimento extraordinário de 100 vagas no Gigantinho desde hoje. Além do espaço no estádio Beira-Rio, há 140 vagas ainda disponíveis na rede própria e conveniada. O Gigantinho está recebendo doações de alimentos e agasalhos para a população em situação de risco social.

Orientações aos prefeitos sobre o frio

Com a intensa massa de ar frio, o presidente da Famurs (Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul)  Eduardo Bonotto pediu atenção dos prefeitos e prefeitas gaúchas para os moradores em situação de vulnerabilidade social. “Os gestores devem ficar atentos com os moradores de rua nesta semana fria e podem contar com a equipe da Famurs para o desenvolvimento de estratégias que busquem proteger suas comunidades carentes”, ressalta.

O presidente da Famurs conversou no final da tarde de ontem com a meteorologista Estael Sias da MetSul para repassar informações seguras aos prefeitos gaúchos.

“Decidi conversar diretamente com a meteorologista Estael Sias para emitir este alerta seguro aos prefeitos gaúchos. Nossos municípios que possuem a agricultura como fator de desenvolvimento devem ficar atentos com a possibilidade de geada negra, que é aquele fenômeno natural que pode queimar a plantação ou a vegetação. Estaremos atentos ao lado de meteorologistas capacitados para orientar prefeitos e secretários dos 497 municípios do Rio Grande do Sul. Essa massa de ar polar deve elevar a atenção dos municípios”, ressaltou Bonotto.

Diante do frio, a Campanha do Agasalho 2021, promovida pelo governo do Estado, tem recolhido roupas, calçados e cobertores para serem distribuídos para a população gaúcha em situação de vulnerabilidade. Na Capital e no interior há diversos pontos de recolhimento das doações. Algumas prefeituras também têm realizados campanhas em seus municípios.

Onde doar:

• Pontos de coleta nos supermercados Zaffari e Bourbon, Bourbon Shopping e Moinhos Shopping
• Unidades Sesc e Senac
• Todos os quartéis da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros
• Central de Doações da Defesa Civil do RS: de segunda a sexta, das 8h30 a 18h (av. Borges de Medeiros, 1.501 – bairro Praia de Belas, Porto Alegre) e drive-thru de segunda a sexta, das 9h  às 15h
• Coordenadorias regionais da Defesa Civil em Porto Alegre, Santa Maria, Pelotas, Santo Ângelo, Uruguaiana, Frederico Westphalen, Lajeado, Caxias do Sul e Passo Fundo


O que doar:

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

• Alimentos não perecíveis em qualquer quantidade
• Cestas Básicas
• Roupas
• Calçados
• Cobertores
• Itens de limpeza e de higiene pessoal

Anúncios