Anúncios

A semana que começa será bem complicada para os meteorologistas. Explicamos. Há chance de chuva no Rio Grande do Sul todos os dias, mas isso não significa que vai chover numa determinada localidade todos os dias entre hoje e sábado. Isso porque as precipitações tendem a ser de baixos a médios volumes e, principalmente, muito irregulares na distribuição. Haverá dias com precipitação em poucas cidades e outros em maior número de municípios. E a chuva tende a ser muito irregular na distribuição na maioria dos dias.

No geral, o sol aparecerá com nuvens em meio a períodos de nublado hoje e amanhã com chuva isolada no Rio Grande do Sul. Entre quarta e quinta se espera maior nebulosidade e chuva ainda irregular, mas o sol chega a aparecer em pontos do Estado. Entre sexta e o sábado, persiste a maior cobertura de nuvens e as precipitações passam a afetar maior número de locais do território gaúcho. A temperatura ao longo desta semana deverá permanecer com marcas predominantemente agradáveis, típicas desta época do ano, sem a expectativa de frio ou calorão.



Santa Catarina e o Paraná, igualmente, devem ter uma semana de sol, nuvens e chuva de forma irregular. No próximo fim de semana, um centro de baixa pressão que vai atuar no Sul do Brasil trará maior instabilidade com valores de pressão atmosférica muito baixos, inferiores a 1000 hPa, o que pode favorecer até temporais.

Projeção de chuva para a semana do modelo canadense mostra aumento da instabilidade no Sudeste e no Centro-Oeste do Brasil após meses muito secos

No Centro-Oeste e no Sudeste do Brasil, o tempo seco predomina com sol e nuvens ao longo da semana, o que não significará ausência total de chuva. A maioria das cidades das duas regiões não deve ter precipitação durante quase toda ou toda a semana, porém esperamos o registro de precipitações no Centro-Oeste e no Sudeste. Elas serão somente localizadas e passageiras, afetando mais o Mato Grosso do Sul, sobretudo na segunda metade da semana.

Anúncios