Porto Alegre teve quarta-feira chuvosa | FERNANDO OLIVEIRA

Uma área de baixa pressão atuou nesta quarta no Sul do Brasil, trazendo chuva para os três estados da região. Os maiores acumulados de chuva, como previsto, se deram entre a Metade Norte do Rio Grande do Sul e o Paraná. Dados indicavam até o fim da tarde 45 mm no Noroeste gaúcho, na área de Santa Rosa, e 10 mm em Porto Alegre.

Só que esta não será a última chuva da semana. Vem mais água! A previsão é de chuva em parte do Rio Grande do Sul nesta quinta e ainda na sexta e no sábado. Haverá um segundo centro de baixa pressão e a formação de uma frente fria.

O sol aparece com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul nesta quinta, entretanto com períodos de maior nebulosidade. Pode ainda ter garoa ou chuva leve em pontos da Metade Leste, sobretudo na primeira metade do dia, incluindo a região da capital. No fim do dia, fortes áreas de instabilidade com chuva e temporais começam a se formar no Oeste. O dia começa ameno e com neblina ou nevoeiro em alguns locais, mas com a presença do sol aquece e a tarde será um pouco abafada.


O que mais preocupa é o cenário que se esboça para o final da quinta e a madrugada de sexta. Novas áreas de instabilidade por um segundo centro de baixa pressão vão se formar no Oeste gaúcho no final da tarde e noite desta quinta-feira. Tendem a se intensificar muito e se ampliar, avançando para as demais regiões do Rio Grande do Sul até o começo da sexta-feira.

A MetSul alerta que pode se formar uma potente linha de instabilidade que cruzará o estado gaúcho na noite de amanhã e durante a madrugada da sexta com chuva localmente forte a torrencial, muitos raios e ainda um elevado perigo de temporais. O risco maior será de granizo, de variado tamanho, mas há possibilidade de vendavais localizados. Em Porto Alegre, a instabilidade deve chegar na madrugada desta sexta.

Ao longo da sexta, o tempo melhora e esquenta, mas na Metade Norte ar quente e muito instável pode gerar chuva isolada com risco de granizo localizado da tarde para a noite.


No sábado, o avanço de ar frio com um centro de alta pressão vai organizar uma frente fria com chuva na Metade Norte gaúcha e em Santa Catarina com chuva e novamente risco de temporais isolados entre a madrugada e de manhã. Após, a instabilidade se afasta do estado.

Por isso, no decorrer do fim de semana, o ingresso de ar seco e frio com um centro de alta pressão de 1.028 hPa sobre o Rio Grande do Sul vai melhorar o tempo com sol no estado gaúcho com sol. São esperadas noites frias tanto no sábado quanto no domingo. O amanhecer do domingo será o mais frio com marcas abaixo de 5ºC em diversas cidades gaúchas e formação de geada em algumas, especialmente na fronteira com o Uruguai, na Campanha e áreas de altitude da Metade Norte.