Anúncios

Grande parte do Brasil enfrenta um julho, até agora, com temperatura acima da média. A realidade não é diferente aqui no Rio Grande do Sul. Após o frio do começo do mês, inclusive com registro de marcas negativas nos dia 1 e 2, a temperatura se elevou bastante e o Estado experimentou uma sequência de dias de temperatura acima da média desta época do ano. Houve máximas de até 31ºC. As anomalias positivas no Estado devem aumentar ainda mais até o final desta primeira quinzena de julho, uma vez que entre hoje e sexta são esperadas máximas elevadas para julho e no fim de semana haverá instabilidade.




A segunda metade de julho, porém, desenha-se bem diferente desta primeira com maior número de dias frios. Teremos um pulso de ar gelado tangenciando o Sul gaúcho no começo da próxima semana, mas que será responsável por madrugadas frias durante a primeira metade da próxima semana. Os modelos numéricos têm oscilado, mas em algumas saídas têm indicado a possibilidade de incursão de ar polar de maior intensidade e mais abrangente para a segunda metade da semana que vem.

Anúncios