Anúncios

Próximos dias terão muita variação térmica e nessa transição do calor para a temperatura mais amena, temporais intensos poderão afetar o Rio Grande do Sul. Nas próximas horas esquenta muito com máximas que podem passar de 37°C em áreas da fronteira Oeste, Missões e Vale do Rio Pardo e Grande Porto Alegre. Esse aquecimento pode eventualmente causar chuva isolada e passageira típica de verão, mas o tempo muda mesmo é amanhã.

No sábado uma frente fria avança e favorece a ocorrência de temporais em todas as regiões. Nas cidades da fronteira Oeste sul  ALERTA-SE  para VENDAVAIS  que podem ocorrer entre no fim da manhã e o começo da tarde como mostra o mapa abaixo das 11, 12 e 13h. Modelo wrf projeta rajadas entre 70 a 100 km/h, portanto, com risco  de danos. Nos horários seguintes conforme a frente fria avança a área de vento forte avança, mas em principio com menor intensidade mas ainda assim com risco de rajadas moderadas a fortes.


No fim da tarde destaca-se ainda que o vento predomina persistente do quadrante Sul no Oeste e sul do Estado e assim reduz muito a sensação térmica ao ar livre e provoca de fato queda na temperatura. A noite seguirá com tempo ventoso e melhora gradativa do tempo na região.

 

Além disso, modelos projetam risco de GRANIZO em áreas isoladas, com maior potencial no Norte e Noroeste assim como em pontos do Vale do Paranhana como mostra o mapa acima nos núcleos em rosa e lilás. O mapa é um indicativo das áreas maior risco, portanto outras regiões poderão registra o fenômeno conforma a frente avança.


Os volumes de precipitação serão muito irregulares e de uma forma geral os modelos indicam que a chuva mais volumosa tende a ocorrer na Metade Norte do Estado. Entretanto quando se trata de temporais os volumes podem surpreender de forma pontual com chuva torrencial em alguns minutos o que gera muitas vezes acumulados altos. Os mapas de acumulado de precipitação diária indicam dos modelos GFS e CMC indicam que os maiores acumulados devem ocorrer no Norte e Noroeste e também em cidades da Grande Porto Alegre com volumes que de forma pontual podem somar quase 100 mm.

Anúncios