Anúncios

Queimadas nos Campos de Cima da Serra (Cristiano Noro)

O Rio Grande do Sul teve o agosto com o maior número de queimadas desde 2003, de acordo com dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Contabilidade parcial do órgão até ontem indicava 1641 focos de calor neste mês contra 707 no ano passado, ou seja, quase o triplo de 2018. O recorde é 2003 com 2728. Outros anos em que agosto registrou alto número de focos de incêndio no Rio Grande do Sul foram 2004 (1142), 2006 (1537) e 2009 (1520). A chuva abaixo da média colaborou pro agosto com muito fogo aqui no Rio Grande do Sul. 

 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Anúncios