Anúncios

O Rio Grande do Sul será uma das regiões com maior incidências de raios no mundo inteiro na terça-feira, 7 de setembro, com a muito intensa instabilidade que se prevê para o estado gaúcho no decorrer do dia com a atuação de uma frente quente associada a uma massa de ar muito quente que avançará para o Sul do Brasil.

Projeção de raios para o mundo na terça-feira | ECMWF

O mapa mostra a projeção de raios para o mundo inteiro na terça-feira e se observa que o estado gaúcho estará entre as áreas do planeta com maior incidência de descargas elétricas no dia. Outras regiões em que se prevê muito raios para a terça incluem as florestas tropicais do Centro da África, por onde está passando uma onda de convecção chamada de Kelvin que favorece instabilidade e ainda a região do Meio-Oeste dos Estados Unidos, em estados como Indiana e Wisconsin.


Os raios associados à frente quente começam já da tarde para a noite da segunda-feira à medida que o sistema frontal começa a se formar sobre o Rio Grande do Sul. A segunda-feira terá sol e nuvens com aumento gradual da nebulosidade.

Ar muito quente começa a ingressar a partir do Norte e do Noroeste gaúcho e organiza a frente quente com nuvens carregadas entre o Oeste e o Centro do Estado que depois avançam para o Sul e o Leste gaúcho com pancadas de chuva, raios e risco de granizo isolado.

Projeção de raios para o Rio Grande do Sul na segunda-feira | ECMWF

O pior dia de raios deve ser a terça-feira, 7 de setembro e feriado da Independência, que se espera seja muito complicada e perigosa do ponto de vista de tempo severo. Ar muitíssimo quente vai cobrir o Noroeste e o Norte do Estado com calor ao redor de 35ºC enquanto na maior parte do Estado haverá nuvens e chuva.

Projeção de raios para o Rio Grande do Sul na terça-feira | ECMWF

A frente quente ganha muita intensidade sobre o Oeste, o Centro, o Sul e a maior parte do Leste gaúcho entre a madrugada e de manhã com chuva forte a intensa e risco crítico de temporais de vento (vendavais isolados) e granizo de variado tamanho. A quantidade de raios projetada para a terça é muito grande, sobretudo no Oeste, Centro, Sul e o Leste gaúcho, o que inclui a área de Porto Alegre. Entre a tarde e a noite algumas áreas podem ter melhoria do tempo com abafamento.

Na quarta (8), a frente quente se converte em frente fria à medida que deixa de se movimentar pela massa de ar quente ao Norte e passa a ser impulsionada por ar frio de Sul.

Projeção de raios para o Rio Grande do Sul na quarta-feira | ECMWF

O sistema traz chuva forte e temporais no Oeste e no Sul gaúcho desde cedo e no decorrer da quarta avança para as demais regiões gaúchas com precipitações localmente fortes a torrenciais e alto risco de tempestades, principalmente de vento (vendavais). Os raios serão numerosos ainda, especialmente no Oeste e no Sul, mas não na quantidade da véspera sobre o Rio Grande do Sul.

A MetSul enfatiza que em sendo feriado e uma data propícia ao lazer, mesmo com tempo chuvoso algumas pessoas podem optar por atividades ao ar livre, o que é por demais perigoso diante do cenário esperado de tempestade elétrica com alta frequência projetada de raios do tipo nuvem-solo.


As descargas afetarão algumas das áreas mais populosas do estado gaúcho como Pelotas, Santa Maria, Porto Alegre, Região Metropolitana e a Serra Gaúcha, onde está a maior parte da população do Rio Grande do Sul.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Em outubro de 2019, uma pessoa morreu vítima de um raio durante partida de futebol na manhã de um domingo em Gravataí. Mortes de pessoas atingidas por descargas são comuns no campo entre agricultores trabalhando na lavoura. Assim, se o tempo estiver instável com trovoadas onde você estiver, evite atividades ao ar livre pelo elevado risco atmosférico.

Anúncios