Anúncios

O Rio Grande do Sul teve mínima negativa hoje pelo décimo dia seguido com -0,9ºC em São José dos Ausentes, onde à tarde a mesma estação meteorológica acusou uma máxima alta de 25,7ºC. A enorme amplitude térmica verificada, que se repetiu na maioria das regiões, decorreu do ar seco que traz intenso resfriamento e nevoeiro à noite e calor à tarde. O Noroeste do Estado e o Vale do Rio Pardo superaram os 30ºC nesta quarta-feira. Fez 32,6ºC em Santa Cruz do Sul, 30,1ºC em Santa Rosa, 29,9ºC em São Leopoldo, 29,5ºC em Campo Bom, 29ºC em Canoas e São Borja, e ainda 28,5ºC na zona Norte de Porto Alegre.



Se andar de bike semana passada era aventura (leia) durante a “friaca”, hoje foi um confortável prazer (Mauro Schaefer/CP)

Com isso, o Estado saiu de 6,3ºC negativos na quinta em Santa Rosa para 32,6ºC hoje em Santa Cruz do Sul, para fazer jus à frase que gaúcho não vive, mas sim sobrevive (ao clima). Porto Alegre teve 0,3ºC semana passada (foto da esquerda de Vinicius Roratto/CP) e 28,5ºC ontem (foto da direita de Mauro Schaefer/CP). Já que as noites seguiram frias, a alteração foi maior nas máximas, afinal houve dias durante a onda de frio em que a temperatura sequer bateu 10ºC. A mínima de 9,7ºC hoje na estação convencional no Jardim Botânico, em Porto Alegre, foi mais alta que a máxima do dia 23 no local de 9,1ºC.


Interessante condição se produziu hoje em Torres. De acordo com relato deixado pelo nosso leitor assíduo de anos Juarez Martinato da Rocha, foram impressionantes as variações de temperatura nesta quarta-feira no balnerário do Litoral Norte. Segundo ele, na beira do mar o dia todo foi de neblina muito densa e temperatura amena, mas a apenas seis ou sete quadras a Oeste, já no Centro da cidade, numa distância de 600 metros, o tempo estava mais aberto e quente. Na estação do Instituto Nacional de Meteorologia, a máxima sequer bateu 15ºC. O que houve foi a formação de nevoeiro marítimo com o avanço de ar quente de Oeste sobre as águas mais frias do mar (nevoeiro de advecção), visto na imagem abaixo de satélite.



O sol aparece com nuvens na maior parte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira, mas, novamente, espera-se nevoeiro em vários pontos ao amanhecer. A nebulosidade aumenta durante o dia no Sul e no Sudoeste do Estado, onde o tempo se instabiliza da tarde para a noite, em especial junto à fronteira com o Uruguai. A massa de ar quente ganha força e o dia será quente para agosto com máximas muito acima da média que podem atingir de 31ºC a 33ºC nos locais mais quentes. Faz calor, principalmente do Centro para o Norte do Estado. Porto Alegre pode ter 30ºC. Na sexta, a instabilidade toma conta da maior parte do Rio Grande do Sul com chuva que pode ser localmente forte.

Anúncios