O Rio Grande do Sul teve frio neste sábado (4) em pleno auge do verão, apenas poucos dias após termômetros terem registrado mais de 41ºC no Estado. As mínimas foram de 10,4ºC em Santana do Livramento, 11,1ºC em São José dos Ausentes, 11,8ºC em Quaraí, 12,5ºC no Chuí, 12,7ºC em Jaguarão 12,7ºC, 12,9ºC em Santa Vitória do Palmar e Canela, 13,3ºC em Uruguaiana, 13,4ºC em Bom Jesus, 13,6ºC em Canguçu e Vacaria, 13,7ºC em Monte Alegre dos Campos e 13,8ºC em Farroupilha. A temperatura baixa é resultado de uma massa de ar seco e frio de maior pressão atmosférica que ingressou no Rio Grande do Sul entre ontem e hoje. Observe no mapa como a temperatura hoje está abaixo da média em grande parte do Cone Sul da América por conta do ar mais frio de alta pressão.


No Uruguai, também fez frio. As mínimas foram de 9,0ºC em Mercedes, 10,0ºC em Florida 10,0ºC, 10,3ºC em Tacuarembó, 11,5ºC em Melo, 11,6ºC em Rocha, 12,2ºC em Carrasco e Durazno, 12,4ºC em Salto 12,4ºC, 12,9ºC em Colonia 12,9ºC, 13,0ºC em Artigas e Paso de Los Toros, 13,2ºC em Bella Union e 13,8ºC em Laguna del Sauce. Ba Argentina, na província de Buenos Aires, fez 4,6ºC na cidade de Tandil, marca abaixo das mínimas de hoje em Ushuaia (4,9ºC) e Bariloche (6,5ºC). Massas de ar frio nesta época do ano têm curta influência. O ar seco, o tempo aberto e o vento calmo trazem outra madrugada de mínimas baixas neste domingo no Rio Grande do Sul, mas ar mais quente rapidamente retorna e a tarde já será bem mais quente que a de hoje. A primeira metade da semana novamente terá intenso calor no Cone Sul.(Com imagem da Universidade do Maine)