Anúncios

O esporte não é muito popular no Brasil, mas a partida de futebol americano hoje entre Green Bay Packers e o San Francisco 49ers será muito interessante de ver. A razão é o frio. O jogo deve entrar para a história como um dos disputados com mais frio até hoje na história da NFL (National Football League), a liga de futebol americano. A partida, com transmissão para o Brasil pela ESPN às 19h30, ocorrerá no estádio Lamneau Field, em Green Bay, no estado de Wisconsin. A previsão de temperatura para o apito inicial é ao redor de 20ºC abaixo de zero, porém com sensação térmica por efeito do vento em torno de 30ºC negativos. Por isso, o time do Green Bay ofecerá ao público de graça café, chocolate quente e aquecedores de mãos.


O jogo desta noite recebe comparações com os chamados Ice Bow e o Freezer Bowl. O Ice Bowl foi um jogo entre o Green Bay Packers e o Dallas Cowboys em 1967, também em Green Bay. Já o Ice Bowl foi jogado no Riverfront Stadium, em Cincinnati, Ohio, em 1982, entre o San Diego Chargers e o Cincinnati Bengals. Muito se discutiu sobre qual partida teria sido disputada com mais frio, já que a temperatura era menor em 1967 e o vento mais forte em 1982, mas o Ice Bowl foi o mais frio. A partida de 31 de dezembro de 1967 ocorreu com temperatura média de 25,2ºC abaixo de zero e sensação média de 37,7ºC negativos. Já o Freezer Bowl de 10 de janeiro de 1982 se deu com 21,3ºC negativos e sensação de 35,5ºC abaixo de zero.

A história do Ice Bowl impressiona. Os instrumentos da banda marcial congelaram. Integrantes foram parar no hospital com hipotermia. O apito congelou na boca do juiz que, ao tentar arrancá-lo, tirou junto a pele com sangramento. A partida foi arbitrada aos gritos e sinais. Um jogador do Greeen Bay chegou ao estádio de carona, já que seu carro não pegou pelo frio.

É simplesmente absurda a força da massa de ar gelado vinda do Ártico por trás do frio no jogo de hoje e que tomará conta de grande parte dos Estados Unidos nesta semana. Depois das nevascas que deixaram até meio metro de neve em algumas cidades quinta e sexta-feira, massa de ar mais congelante invadirá o país entre hoje e amanhã. Um centro de baixa pressão terá um aprofundamento explosivo caindo a 940 hPa sobre o continente (o que é incrível) no Norte do Canadá e um centro de alta de mais de 1050 hPa ingressará nos Estados Unidos pela parte Norte das Planícies Centrais (área de Montana e Dakotas).


A temperatura deve cair a quase 50ºC abaixo de zero e a sensação ficar ao redor de 60ºC negativos no Norte dos Estados Unidos. Cerca de metade da população americana (150 milhões de pessoas) podem enfrentar temperatura de até 20ºC abaixo, mesmo em alguns estados do Sul . Atlanta, por exemplo, pode ter 15ºC negativos e se prevê congelamento no Norte da Flórida. Observe no mapa como grande parte do território americano vai ter condições siberianas na madrugada da terça.



Para se ter ideia, o vórtice polar, que pelo próprio nome diz atua ao redor do Polo Norte e tem no entorno o ar mais gelado do hemisfério, descerá incrivelmente até o Meio-Oeste norte-americano. A terça-feira pode ser o dia mais frio em décadas em muitas cidades dos Estados Unidos. Em nível nacional, esta é considerada a mais potente erupção polar desde 1996. O NOAA tem advertido com linguagem raramente vista que se trata de uma onda de frio que traz condições “ameaçadoras à vida”.

Anúncios