Anúncios

Radical mudança do tempo ocorreu no Rio Grande do Sul nas últimas horas. A virada começou ainda na noite de ontem (terça) pela fronteira com o Uruguai. Jaguarão às 23h tinha frio de 12ºC, mas às 20h, apenas três horas antes, fazia 28ºC. O vento virou na cidade com rajadas de 69 km/h e a temperatura desabou. Já Pelotas tinha 28ºC às 22h de ontem e uma hora mais tarde a temperatura havia caído para 19ºC com vento forte de Sudoeste. No Chuí, houve chuva forte, trovoadas e rajadas de vento que atingiram 84 km/h. No final da terça, Livramento anotava 13ºC depois da temperatura ter batido em 31ºC à tarde.


Cidades do Centro e do Norte do Estado começaram o dia com fortes rajadas de vento do quadrante Norte e muito calor na madrugada. Santa Cruz do Sul teve 30,1ºC à uma da manhã e ao amanhecer fazia 20ºC com a chegada da chuva ao vale (foto acima de Cris Cassol). Em Porto Alegre, a temperatura era de 27ºC às 5h da manhã na estação da Lomba do Pinheiro, mas às 7h, apenas duas horas depois, fazia apenas 16ºC com vento de mais de 60 km/h. Em Teutônia, a temperatura caiu de 28ºC às 8h da manhã para 19ºC às 10h da manhã. Santa Maria chegou a ter temperatura na casa dos 30ºC no início da madrugada e vento Norte muito forte que derrubou postes e árvores, mas na tarde de hoje estava apenas com 11ºC. As rajadas chegaram a 96 km/h por hora na Base Aérea de Santa Maria e destelharam 15 casas na cidade (foto abaixo de João Vilnei do Correio do Povo). Não foi vento de temporal na cidade de Santa Maria, mas sim induzido por uma corrente de jato (vento) de baixos níveis da atmosfera e que devido ao relevo local favorece o intenso aquecimento noturno e potencializa as rajadas intensas.

A tarde desta quarta-feira é de enormes contrastes de temperatura entre o Centro e o Sul do Estado, onde atua ar frio, com o Norte gaúcho, que segue sob influência de ar quente. As diferenças impressionam. É como se uma metade do Rio Grande do Sul estivesse na estação verão e outra no inverno. Às 15h, no Sul gaúcho, fazia 9,9ºC em Canguçu, 10,2ºC em Bagé, 10,3ºC em Caçapava do Sul, 11,0ºC em Jaguarão, 11,2ºC em Dom Pedrito, 11,5ºC em Livramento, 12,0ºC em Pelotas e 12,1ºC no Chuí. Na mesma hora, mais ao Norte do Estado, sob a influência de ar quente, a temperatura era de 26,3ºC em Passo Fundo, 26,4ºC em Bom Jesus, 26,5ºC em Vacaria, 27,1ºC em Erechim, 27,3ºC em São José dos Ausentes, 27,6ºC em Lagoa Vermelha e 28,6ºC em Frederico Westphalen. Olhe a imagem de satélite desta tarde com a temperatura às 15h e o contrastes térmico.



Amanhã, quinta, muitas nuvens cobrem o Rio Grande do Sul e chove no decorrer do dia na maioria das regiões gaúchas. A chuva atuará principalmente do Centro para o Norte do Estado e deve ser localmente forte com altos volumes em algumas áreas. Há risco de chuva moderada a forte na área de Porto Alegre. O tempo abre com sol no Sul e parte do Oeste do Estado, onde a jornada será amena. Atenção! Será um dia de temperatura baixa e com cara de inverno com frio mesmo durante a tarde em cidades do Centro para o Norte do Estado. Porto Alegre, por exemplo, pode ter marcas de 12ºC ou 13ºC mesmo à tarde. A MetSul alerta que na sexta a frente semiestacionária começa a recuar para o Sul e que as regiões central e Sul do Estado podem ter chuva forte durante o dia, com altos volumes em alguns pontos, não se afastando chuva forte também na Capital. No Norte do Estado, o tempo voltará a abrir com o retorno do ar quente tropical e a presença, novamente, do calor.

Anúncios