A semana que começa será marcada pelo tempo firme com dias de sol na cidade de São Paulo. Por efeito um bloqueio atmosférico, com uma grande massa de ar seco sobre o Centro-Sul do país, a capital paulista e o interior do estado terão uma sequência de dias com sol e uma grande amplitude térmica.

Previsão do tempo para São Paulo nesta semana indica clima seco com grande amplitude térmica e tardes mais quentes do que o normal para o mês de junho | NELSON ALMEIDA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

A diferença de temperatura da noite para o dia, o que se denomina amplitude térmica, deve ser uma das marcas desta semana na cidade de São Paulo e no interior. O tempo seco acaba por proporcionar um maior resfriamento noturno e um maior aquecimento diurno.

Com isso, as noites na capital paulista e em muitas cidades do interior devem ser um pouco frias, mas logo aquece no começo da manhã com a presença do sol. As tardes, por sua vez, vão variar de agradáveis a quentes para os padrões de junho.


As mínimas oficiais da cidade de São Paulo, no Mirante de Santana, devem ficar entre 11ºC e 14ºC ao longo da semana, mas pelo ar seco e o tempo aberto as diferenças de microclimas se acentuam e a temperatura deve cair à noite abaixo de 10ºC em alguns bairros, como do Norte e principalmente do Sul da capital paulista.

O tempo aberto e o resfriamento noturno devem proporcionar ainda a formação de neblina e nevoeiro em setores da Grande São Paulo em diversas madrugadas. A inversão térmica com uma sequência longa de dias de tempo seco piorará a qualidade do ar.

Já as tardes desta semana na cidade de São Paulo devem ser agradáveis e mesmo um pouco quentes para esta época do ano. A máxima média de junho na capital paulista é de 22,9ºC, porém a maioria das tardes deve ter entre 24ºC e 25ºC, com marcas um pouco ou acima desta faixa conforme o dia e maior aquecimento no final desta semana.


O padrão de tempo seco deve mudar no final desta primeira quinzena de junho com a chegada de uma frente fria que vai trazer chuva para o estado de São Paulo e uma queda da temperatura que não se descarta no momento possa ser acentuada.