Anúncios

O Centro e o Norte do Brasil terão os maiores acumulados de chuva nos próximos dez dias. O interior da Região Nordeste passa por escassez muito grande de chuva que persiste nesta primeira metade de janeiro. Por outro lado, o quadro melhora um pouco neste período com precipitação mais abrangente no Piauí, no interior do Ceará, Paraíba e no Oeste da Bahia. 


No Centro-Oeste e no Sudeste do país, a chuva poderá ser volumosa com volumes acima de 150 mm entre o Centro-Sul de Minas Gerais, Goiás e Distrito Federal e Norte de São Paulo.  Há risco de temporais intensos e acumulados altos em pouco tempo com risco de transtornos. Alerta para as Serra do Mar e Mantiqueira que já tem o solo saturado em razão da chuva das últimas semanas e irá receber acumulados elevados com alto potencial de deslizamentos. 


No Sul do país, os temporais trazem risco nos próximos dias, porém a chuva é muito necessária especialmente no estado do Paraná. Os acumulados mais expressivos ocorrerão entre o Norte de Santa Catarina, e o Sul e o Leste do Paraná com volumes entre 50 e 100 mm, mas pontos isolados do Rio Grande do Sul podem ter chuva volumosa entre hoje e amanhã. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios