Anúncios

Alagamentos na tarde de hoje em Santa Maria | Luís Ferdinand

O Rio Grande do Sul voltou a registrar episódios de chuva forte a intensa com altíssimos volumes em curto período nesta quinta-feira (28), o que mais uma vez trouxe transtornos como alagamentos em alguns municípios. A instabilidade mais forte, como foi previsto pela MetSul, concentrou-se do Centro para o Norte do Estado com pancadas torrenciais em diversas localidades.

Um dos municípios que mais teve chuva durante esta quinta-feira foi Santa Maria, no Centro do Estado. O acumulado de precipitação só durante a tarde no bairro Camobi passou dos 80 mm. A chuva por vezes torrencial provocou alagamentos em diferentes bairros de Santa Maria e na RS-287, onde muita água acumulou sobre a pista e deixou o trânsito muito perigoso. Em Santa Cruz do Sul, a chuva torrencial do fim da tarde transformou as ruas centrais da cidade em rios.

A chuva persiste forte em pontos do Centro para o Norte do Estado na noite desta quinta e há risco de chuva volumosa nos vales e na região metropolitana de Porto Alegre, uma vez que as áreas de instabilidade mais intensas do Centro gaúcho estão avançando para Leste na direção da Capital e cidades próximas.

Os volumes de chuva apenas de hoje em algumas cidades, segundo dados desta quinta até 18h, ficara próximos ou acima dos 100 mm. Veja na lista os acumulados de precipitação das últimas 72 horas registrados até o final da tarde desta quinta-feira no Rio Grande do Sul.

Serafina Correa: 138,6 mm
Canguçu: 120,0 mm
Santo Augusto: 117,0 mm
Jaguarão: 112,0 mm
São Luiz Gonzaga: 108,6 mm
Horizontina: 102,0 mm
Santa Maria: 100,0 mm
Santa Rosa: 95,0 mm
Capão do Leão: 94,8 mm
São Vicente do Sul: 93,0 mm
Redentora: 87,8 mm
Soledade: 87,2 mm
Ijuí: 85,6 mm
São Borja: 80,8 mm
Segredo: 76,4 mm
Nova Palma: 72,8 mm
Vacaria: 71,0 mm
Arroio do Tigre: 70,8 mm
Candelária: 65,4 mm
Novo Hamburgo: 63,2 mm
Encantado: 63,0 mm
Palmeira das Missões: 63,0 mm
Cambará do Sul: 59,8 mm
Encruzilhada do Sul: 59,6 mm
Bom Jesus: 56,8 mm
Santiago: 56,8 mm
Cruz Alta: 51,0 mm
Ibirubá: 51,0 mm

A MetSul insiste no alerta que já fez reiteradas vezes que este será um período por demais prolongado de instabilidade no Rio Grande do Sul e no restante do Sul do Brasil. O Estado vem sofrendo com episódios de chuva forte e temporais desde o começo desta semana e serão muito dias ainda pela frente de tempo instável com períodos de melhoria temporária em que o sol aparece com calor para logo depois voltar a chover.

O mapa acima mostra a projeção de chuva das 9h de hoje a 9h do domingo do modelo WRF. Este modelo está disponível ao assinante com duas atualizações diárias na seção de mapas do site. 


Os meteorologistas da MetSul enfatizam que tanto nesta sexta e, principalmente, durante o fim de semana devem ser esperados novos episódios localizados de chuva muito intensa e volumosa em diferentes regiões do Estado com alta probabilidade de alagamentos e ainda de queda de barreiras em áreas de relevo.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A atmosfera mais quente no sábado e no domingo, logo mais instável, favorecerá núcleos de instabilidade que vão ser mais fortes, proporcionando não apenas estes eventos isolados de chuva torrencial em que pode chover 50 mm a 100 mm em poucas horas assim como novos temporais em que há risco de rajadas de vento forte e queda isolada de granizo.

Anúncios