Anúncios

Uma frente de rajada avançou entre a madrugada e a manhã desta quinta-feira (28) por Buenos Aires e o Sul de Santa Fé, trazendo chuva localmente forte e volumosa, além de temporais isolados.

MetRA/Gustfront

MetRA/Gustfront

INTA

Fernando de Ocaña/SMN

A instabilidade ocorre após muitos dias de intenso calor em Buenos Aires, o que levou o Serviço Meteorológico da Argentina, a emitir um alerta de onda de calor. A frente de rajada esteve associada a um sistema de onda curta e tende a se dissipar, não devendo afetar o Rio Grande do Sul.


O Centro de Argentina voltará a enfrentar temporais nesta sexta (29) com a possibilidade de formação de uma nova frente de rajada. A instabilidade maior na região, entretanto, é esperada para o fim de semana.

Um novo centro de baixa pressão vai se formar no Centro da Argentina e se deslocará para o Uruguai no fim de semana, trazendo muitas tempestades ao interagir com o ar tropical quente e úmido. A instabilidade aumentará muito no sábado (30) em províncias centrais da Argentina e avançará com mais força para o Uruguai no domingo (31).


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Por isso, a tendência é que a instabilidade volte a aumentar no Rio Grande do Sul durante o fim de semana. A chuva que hoje está mais concentrada na Metade Norte do Estado voltará a atingir todas as regiões. Tanto o sábado como o domingo, mas, especialmente o domingo em razão da atuação do centro de baixa pressão, podem ter chuva localmente forte e temporais isolados de vento no território gaúcho. Os volumes de chuva isoladamente podem ser consideravelmente altos e alguns vendavais localizados de forte intensidade. 

Anúncios