Anúncios

Santa Catarina registra nesta quinta-feira (17) a maior tragédia provocada por fenômeno meteorológico do ano no Sul do Brasil, superando a do ciclone bomba do inverno.


De acordo com as autoridades, ao menos 7 pessoas morreram, em consequência da chuva extrema que atingiu o Vale do Itajaí na noite de quarta-feira. Há desaparecidos. O governo de Santa Catarina informou inicialmente 11 mortes e 20 desaparecidos.

O evento de chuva excessiva provocou enxurrada, alagamentos e deslizamentos de terra em cidades do Vale do Itajaí, provocando em elevado número de vítimas na região que já vinha enfrentando chuva frequente e elevação do Rio Itajaí-Mirim.

Segundo a Defesa Civil estadual, mais cidades da região foram atingidas. Também há estragos provocados pela chuva na Grande Florianópolis e no Oeste do Estado.

As chuvas causaram alagamentos e queda de barreiras. A enxurrada arrastou moradores. A cidade está sem energia elétrica e telefonia. A Defesa Civil confirmou ainda uma morte em Ibirama, também no Alto Vale.

Alerta


Em boletim ontem de manhã, a MetSul alertava a região de “temporais primordialmente da tarde para a noite e que são capazes de despejar grande quantidade de água em curto período em alguns pontos em verdadeiros aguaceiros que provocam alagamentos e inundações repentinas”.

O boletim mencionava expressamente o Vale do Itajaí, acrescentando que “as novas ocorrências de chuva trazem preocupação porque o Rio Itajaí-Mirim está elevado e a região da bacia está entre as que mais deve ter chuva nesta segunda metade da semana”.

Anúncios