Anúncios

Quais áreas terão mais chuva nos próximos dias? O retorno do ar tropical quente e úmido favorecerá chuva frequente nos próximos dias em parte do Sul do Brasil, mas nem todas as regiões devem ser beneficiadas pelas precipitações. É o que antecipam os meteorologistas da MetSul Meteorologia e apontam os modelos numéricos de previsão do tempo analisados por nossa equipe. 

Clique aqui e veja a projeção de chuva dos modelos para a sua cidade


A tendência é que a chuva nesta segunda metade da semana se concentre principalmente sobre Catarina e o Paraná, mas, principalmente, sobre o território paranaense. Pela proximidade geográfica, áreas do Rio Grande do Sul próximas de Santa Catarina também podem ter chuva mais frequente, apesar de irregular na distribuição.

Nuvens carregadas isoladas vão se formar todos os dias até o final desta semana da tarde para a noite sobre os territórios catarinense e paranaense. Porém trazer vento forte e queda de granizo, além de chuva forte a intensa de curta duração com raios, em alguns pontos. Uma dinâmica atmosférica típica de verão com pancadas de chuva e temporais localizados na segunda metade do dia em razão do aquecimento diurno.

O mapa acima mostra a projeção de chuva entre hoje e sexta-feira do modelo WRF da MetSul, disponível ao assinante na seção de mapas. Observa-se a tendência de chover com altos volumes em pontos do Paraná e do Leste Catarinense no período com acumulados localizados superiores a 100 mm. Sempre recordemos que os modelos nesta época do ano têm dificuldade em precisar volumes e posicionamento da chuva porque as instabilidades são mais localizados e capazes de trazer acumulados de precipitação altíssimos em curto período em setores muito isolados, às vezes na escala de bairros dentro de uma mesma cidade. 

Aguaceiros 

Estes volumes mais altos devem ocorrer principalmente acompanhando temporais passageiros e localizados de verão, que ocorrem primordialmente da tarde para a noite e que são capazes de despejar grande quantidade de água em curto período em alguns pontos em verdadeiros aguaceiros que provocam alagamentos e inundações repentinas. Foi o que ocorreu ontem no município catarinense de Porto Belo (foto). 

Estas cenas de alagamentos devem se repetir em algumas cidades, particularmente de Santa Catarina e do Paraná entre hoje e o final da semana com os temporais passageiros de verão que ocorrem da tarde para a noite. Alguns destes temporais podem ser isoladamente fortes a severos pela atmosfera muito quente. 

Rios 

As novas ocorrências de chuva trazem preocupação porque o Rio Itajaí-Mirim está elevado e a região da bacia está entre as que mais deve ter chuva nesta segunda metade da semana. 


Seco 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Se algumas áreas terão bastante chuva, outras terão pouco ou nada nesta semana. São os casos de muitas localidades do Sul e do Oeste do Rio Grande do Sul, onde pouco ou zero deve chover entre hoje e a sexta-feira, mas com tendência de um cenário muito melhor de precipitação – em especial no Oeste – com a passagem de uma forte frente fria no próximo fim de semana. 

Anúncios