Anúncios

Máximas ao redor ou acima dos 40ºC marcarão todos os dias no Rio Grande do Sul até o final desta semana com a expansão da massa de ar quente centrada sobre a Argentina | DENIS GOERL

A onda de calor que vai assolar todo o Rio Grande do Sul nos próximos dias e terá o seu pico no final da semana começa pelo Oeste gaúcho pela maior proximidade com o núcleo da bolha de calor que está entre o Centro e o Norte da Argentina. O país vizinho anotou máxima de 43ºC na segunda-feira e marcas acima de 40ºC novamente no dia de hoje em várias províncias.

Estações oficias, do Instituto Nacional de Meteorologia, indicaram na tarde desta terça-feira máximas de 37,1ºC em Uruguaiana, 36,8ºC em São Luiz Gonzaga, 36,7ºC em Quaraí, 36,0ºC em Santa Rosa, 35,9ºC em São Borja e 35,5ºC em Alegrete.


Já estações particulares e da Secretaria da Agricultura acusaram máximas de 37,8ºC em Porto Xavier, 37,5ºC em Santa Rosa, 37,2ºC em São Borja, 36,7ºC em Itaqui, 36,5ºC em Guarani das Missões, 36,1ºC em Porto Vera Cruz, 36,1ºC em Maçambará, 35,6ºC em Cerro Largo e Santo Ângelo, 35,2ºC em Rosário do Sul e 35,0ºC em Bossoroca.

Espera-se uma elevação ainda maior da temperatura na Metade Oeste do Rio Grande do Sul a partir desta quarta com o pico de calor na região principalmente entre amanhã e a sexta. Os termômetros no Oeste e no Noroeste devem marcar até 38ºC nesta quarta, máximas perto de 40ºC na quinta e até entre 40ºC e 41ºC em alguns pontos na sexta.


A quarta-feira terá a presença do sol em todo o Rio Grande do Sul, embora a previsão que nuvens apareçam no estado no decorrer do dia. Maior presença de nuvens em pontos do Leste gaúcho na primeira metade do dia.

A massa de ar muito quente, centrada sobre o Centro e o Norte da Argentina, gradualmente se expande para o território gaúcho e traz elevação da temperatura na grande maioria das cidades. Exceção de cidades do gaúcho, o dia será de forte calor na maior parte do estado. Calor muito intenso no Oeste e no Noroeste, onde algumas cidades terão máximas perto de 40ºC.

Mais a Leste do Rio Grande do Sul, onde o ar quente ainda não chegou com força, e Campo Bom teve hoje máximas de 32ºC, o aquecimento será gradual na segunda metade da semana com muito calor a partir de quinta e o pico de temperatura no sábado, quando as máximas deverão ficar em muitos pontos da Grande Porto Alegre e dos vales entre 38ºC e 40ºC, não se descartando máximas até superiores.

O calor deve estimular instabilidade localizada no Oeste na quinta e na sexta, o que, com o calor extremo, pode dar origem a tempestades fortes a severas muito isoladas. No sábado, a possibilidade de o calor gerar chuva isolada e temporais, alguns fortes a intensos e com danos, aumenta no Rio Grande do Sul.

Anúncios