Anúncios

Pássaro se refresca na água na tarde de hoje em Santana do Livramento com temperatura de até 41,5°C e recorde na fronteira com o Uruguai | Anderson Alves

A área da bolha de calor com ar extremamente quente que ontem trouxe a segunda mais alta temperatura em Buenos Aires em 117 anos com 41,1ºC e máximas de até 44,9ºC no interior da Argentina começou a atuar no Oeste do Rio Grande do Sul hoje e a temperatura passou dos 40ºC com marcas históricas e quebra de recorde.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 41,5ºC em Quaraí, 41,1ºC em Uruguaiana, 38,8ºC em Livramento, São Luiz Gonzaga e Santa Rosa, 38,4ºC em Alegrete, 38,3ºC em Dom Pedrito, e 38,2ºC em Teutônia. Estações particulares apontaram 41,1ºC em Santa Rosa, 39,7ºC em Vila Nova do Sul, 39,6ºC em Porto Xavier e 38,4ºC em Teutônia.


Já estações do Sistema de Monitoramento e Alertas Agroclimáticos (Simagro-RS), da Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul, indicaram máximas na tarde de hoje 40,2ºC em São Borja, 40,1ºC em Porto Vera Cruz, 39,8ºC em Itaqui e 38,1ºC em Rosário do Sul. Em Alpestre, a Epagri registrou 39,2ºC. O boletim METAR da Força Aérea Brasileira chegou a reportar 41ºC no aeroporto de Bagé.

Em Porto Alegre, a máxima foi de 33,8ºC no Jardim Botânico. Na área metropolitana, Campo Bom foi a 36,1ºC e São Leopoldo 35,4ºC. Algumas cidades da Serra tiveram mais calor que a capital e municípios da área metropolitana. Em Serafina Correa, o Instituto Nacional de Meteorologia reportou 36,5ºC. Bento Gonçalves foi a 33,6ºC.


Marcas históricas e recorde de calor no Oeste

A máxima hoje de 41,1ºC em Uruguaiana é a mais alta ao menos desde 1961, batendo o pico da série 1961-1990 de 40,8ºC em 2/1/1963 e da série 1981-2010 de 40,2ºC em 12/12/1999. Fez 40,9ºC em Uruguaiana no último dia 2. O recorde é de 42,0ºC em 1943. Com 41,5ºC, Quaraí teve recorde de máxima da estação desde a sua abertura em 2007, batendo a maior marca anterior de 40,8ºC em 1º/1/2022.

Umidade raramente baixa e de deserto

Além do calor extremo no Oeste, o Rio Grande do Sul teve umidade relativa do ar espantosamente baixa e incomum. Conforme o Inmet, 7% em Santa Rosa, 10% em Frederico Westphalen, Erechim, Lagoa Vermelha, Soledade, Rio Pardo, São Luiz Gonzaga e Ibirubá, 11% em Palmeira das Missões, Passo Fundo, Vacaria, Encruzilhada do Sul, Serafina Correa e Bento Gonçalves, 12% em Cruz Alta, Tupanciretã e Uruguaiana, e 13% em Quaraí, São Vicente do Sul e Teutônia.

Para se ter ideia, a menor umidade em Brasília em 2021, conforme o Inmet, foi de 11% em 19 de setembro. Na tarde hoje, em Calama, no deserto do Atacama, a umidade relativa do ar era de 21% no menor valor da tarde no Aeroporto de El Loa, menos seco que a maior parte do Rio Grande do Sul no horário.

Calor aumenta nesta quinta e será histórico no Oeste

O calor aumenta mais ainda no Rio Grande do Sul que terá dia tórrido na maioria das regiões e de calor histórico em algumas cidades. As marcas vão ser excepcionais no Oeste com até 41C a 42ºC, perto da maior máxima já anotada no Estado em um século de observações que é de 42,6ºC, de Alegrete (1917) e Jaguarão (1943).

O calor será extremo ainda no Noroeste com 41ºC a 42ºC na região de Santa Rosa, mas a maioria dos municípios da região fica ao redor dos 40ºC. Áreas de maior altitude da Serra e do Planalto Médio devem ter calor muito intenso com máximas que ficarão acima da de Porto Alegre que está quase ao nível do mar, repetindo o que já ocorreu hoje. Pode fazer 35ºC em Soledade e Passo Fundo. Serafina Correa pode bater em 37ºC. O

A quinta-feira no Rio Grande do Sul será ensolarada e com amplos períodos de céu claro. O ar muito seco e o tempo aberto trazem frio cedo em baixadas dos Aparados da Serra com mínimas até abaixo de 10ºC, como ocorreu hoje com 6,9ºC em São José dos Ausentes, 7,2ºC em Soledade e 9,4ºC em Bom Jesus.

A umidade relativa do ar voltará a ser muito baixa em quase todo o Rio Grande do Sul e durante a tarde deve ter valores ao redor ou abaixo de 20% na maioria dos municípios. Com o calor intenso a extraordinário, o risco de fogo em vegetação será elevado a muito alto. Os índices UV devem atingir valores extremos.

Anúncios