Anúncios

Imagem do satélite meteorológico GOES-16 das 5h de hoje mostrando tempo firme no Sul do Brasil e uma frente fria na altura do Rio da Prata associada a um ciclone bomba em formação sobre o Atlântico a Leste da Argentina | NOAA/METSUL

Vendavais na Argentina

Vendavais destrutivos atingiram durante a madrugada a província argentina de Buenos Aires. As rajadas de vento atingiram 126 km/h no Aeroporto Internacional de Ezeiza, na Grande Buenos Aires, que teve parte da cobertura do terminal de passageiros arrancada com a força do vento. Há muitos relatos nas redes sociais de estragos como queda de árvores, desabamentos de estruturas e destelhamentos na área metropolitana da capital argentina, mas a dimensão exata dos danos ainda não se tem porque os temporais ocorreram durante a madrugada. Os temporais já deixaram a província de Buenos Aires e estão agora nas províncias de Santa Fé e Entre Ríos. A tendência é de o tempo melhorar com o retorno do sol na capital argentina.

Vendavais no Uruguai

A linha de instabilidade da frente fria chegou à região de Montevidéu por volta das 4h da madrugada hoje com rajadas de vento de 107 km/h no Aeroporto Internacional de Carrasco. Os temporais avançam agora pelo interior do país com alto risco de vento forte a intenso que em alguns pontos pode ter caráter destrutivo com rajadas acima dos 100 km/h. No decorrer da manhã de hoje, o tempo severo atua em departamentos do Noroeste e do Norte do Uruguai.


Vento Norte forte no Rio Grande do Sul

Uma corrente de jato em baixos níveis, um corredor de vento muito forte entre 1.000 e 2.000 metros de altitude, traz ar muito quente e vento do quadrante Norte moderado a forte para o Rio Grande do Sul. A corrente de jato atua com mais força no Oeste, no Centro e no Sul gaúcho. O vento será intenso em localidades mais altas e de vales assim como que se encontram junto a morros, como o caso de Santa Maria.


Há risco de alguns destelhamentos, quedas de postes e árvores, e cortes de energia. Trata-se de vento seco e quente não associado a temporal e que ocorre com sol. O vento Norte, pelo efeito da topografia, traz intenso aquecimento em locais de vales e junto a morros. A temperatura às 5h da manhã era de 29,5ºC em Santa Maria que estava com fortes rajadas de vento e que podem se aproximar na região dos 100 km/h em alguns pontos.

Calor no Rio Grande do Sul

O sol aparece em todo o Rio Grande do Sul no começo da manhã e predomina ao longo do dia na maior parte do Estado. Com ar quente e vento Norte trazido pelo jato de baixos níveis, a temperatura dispara e a tarde será muito quente com máximas comuns no verão. Máximas de até 33ºC a 34ºC em Porto Alegre e de 35ºC a 37ºC nos vales, na Grande Porto Alegre e na região Noroeste do Estado.

Temporais no Rio Grande do Sul

Forte instabilidade que avança do Uruguai e da Argentina alcança o Oeste e o Sul do Rio Grande do Sul, já de manhã em muitos locais. O vento que nas primeiras horas do dia era de Norte, quente e seco com rajadas fortes, vira para Sul com rajadas fortes e queda de temperatura. A chuva será irregular, mas pode ser momentaneamente forte a torrencial em pontos do Oeste, da Campanha e do Sul gaúcho. Há risco de vendavais localmente fortes a intensos quando da chegada da frente fria. A instabilidade no decorrer do dia pode alcançar áreas mais ao Centro do Estado, mas na maior parte ou toda a Metade Norte gaúcha a chuva somente chega amanhã, uma vez que a instabilidade não consegue progredir muito para Norte. Por isso, Santa Catarina e Paraná terão dia de sol com forte calor em algumas regiões.

Anúncios