Fabian Ribeiro

Esta primeira metade da semana será marcada por tempo instável no Rio Grande do Sul.

A chuva retorna ao Estado a partir de hoje com precipitação isolada que afeta já de manhã o Oeste e o Sul gaúcho. No decorrer do dia, a chuva atinge a maioria das regiões, mas não todo o Estado. Pontos mais ao Norte e o Nordeste gaúcho só devem ter precipitação entre amanhã e quarta-feira. A chuva desta segunda-feira, ademais, será muito irregular na sua distribuição e de caráter localizado em muitas áreas.

Amanhã e na quarta-feira, as precipitações alcançam maior número de cidades e, inclusive, com pancadas localmente fortes que podem trazer altos volumes.


Os mapas acima mostram as projeções de chuva de dois modelos: o de alta resolução WRF da MetSul e o alemão Icon, também rodado pela MetSul Meteorologia.


Ambos indicam chuva em todas regiões entre hoje e quarta, mas nem todas terão chuva volumosa e tão esperada. A boa notícia é que algumas terão. Os dois modelos sinalizam que parte do Estado pode ter entre 100 mm e 200 mm, mas divergem quanto aos locais.

WRF concentra a chuva mais volumosa no Centro (região de Santa Maria) ao passo que o Icon indica faixa com chuva mais expressiva da área de São Borja até a Grande Porto Alegre e a região da Lagoa dos Patos com os maiores volumes do Centro para o Noroeste gaúcho.

Ar frio e seco ingressa na quinta-feira e firma o tempo. A madrugada de sexta será muito frio e com nevoeiro em diversos locais, mantendo-se o tempo firme com sol no próximo fim de semana.