Anúncios

Forte temporal atingiu Porto Alegre no começo da noite deste domingo. A tempestade se abateu sobre a capital gaúcha entre 19h e 19h30 com o avanço de fortes áreas de instabilidade que se deslocaram de Sul para a Norte na Lagoa dos Patos e ao alcançar a área da capital passaram a evoluir no sentido Leste em direção ao Litoral Norte. Isso fez com que o temporal não alcançasse cidades ao Norte de Porto Alegre na região metropolitana como Sapucaia, Esteio e as localizadas no Vale do Sinos. Em Canoas, a chuva foi maior apenas em bairros limítrofes com a Capital e mais ao Norte do município nada ocorreu.

Imagem do satélite GOES-16 do momento do temporal em Porto Alegre | NASA

O temporal trouxe granizo do Sul ao Norte de Porto Alegre com registro do fenômeno em quase todos os bairros. As pedras de gelo tiveram pequeno diâmetro, mas chegaram a acumular em calhas e no piso de alguns bairros, como no Menino Deus. A trajetória da célula de tempestade fez com que bairros do Sul e do Leste da Capital fossem os mais atingidos.  Motoristas se apressaram para proteger seus carros nas garagens, sob viadutos e debaixo da cobertura de postos de combustíveis.


O granizo atingiu ainda as cidades de Guaíba, Viamão, Gravataí e Glorinha, na Grande Porto Alegre. Antes, a instabilidade provocou granizo em Tapes e alagamentos em Camaquã ao se deslocar pela Lagoa dos Patos. Na cidade de Porto Alegre, os volumes de chuva durante o temporal ficaram abaixo dos 10 mm na maioria dos bairros, mas alcançou 15 mm em pontos da zona Sul e 20 mm até em meia hora em alguns locais da zona Leste. O aeroporto Salgado Filho registrou rajadas de vento ao redor dos 60 km/h.

O calor é energia para a geração de nuvens carregadas de temporal de chuva forte, vento, raios e granizo com disponibilidade de maior umidade na atmosfera. Foi o que causou o temporal do começo da noite em Porto Alegre e tempestades em outros pontos do Leste do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina na tarde deste domingo, também com queda de granizo. O ar quente trouxe quase 38ºC no Noroeste gaúcho e no Oeste catarinense neste domingo, e quase 39ºC no Oeste do Paraná. Fez 43,6ºC no Paraguai.


O feriado em Porto Alegre e região metropolitana não terá tempo firme, apesar de a previsão ser que o sol apareça. É um dia muito complicado em termos de prognostico para a área da Capital porque a atmosfera estará muito instável e qualquer nuvem pode trazer chuva. A nebulosidade diminui e o sol aparece com nuvens com o ingresso de ar mais quente de Oeste e de Norte nesta segunda em Porto Alegre, o que deve trazer forte aquecimento e ar muito abafado.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Há chance de chuva principalmente da tarde para a noite na região metropolitana. Modelos indicam máxima ao redor de 28ºC a 29ºC, mas a nebulosidade e chuva antes ou depois do previsto podem interferir para que a máxima fique abaixo ou acima do previsto. O ar quente com a umidade abundante pode voltar a trazer pancadas localmente fortes a torrenciais na Grande Porto Alegre nesta segunda com raios e risco de granizo por uma frente quente. (Com foto de capa de Marcio Fonseca)

Anúncios