Anúncios

Uma nuvem chamou a atenção no fim da tarde de hoje no céu do Rio de Janeiro. Com aspecto circular, a nuvem do tipo lenticular despertou a atenção. Também conhecida como informalmente como nuvem de disco voador ou OVNI, a formação de nebulosidade foi vista sobre a Pedra da Gávea. Atento, o fotógrafo Bruno Boni registrou a nuvem por volta das 18h desta segunda a partir da Barra da Tijuca.

BRUNO BONI

Considerado um dos cartões postais da cidade do Rio de Janeiro, a Pedra da Gávea é o maior monolito à beira mar do mundo. Com mais de 800 metros de altitude, por sua localização e características, sempre foi uma referência para navegadores.


Somente em 1830 as primeiras expedições começaram a ser empreendidas ao seu topo, que, desde então, recebe grande número de visitantes em suas trilhas e encostas rochosas, tornando-se uma referência carioca para a prática do montanhismo.

Pela sua altitude elevada e a grande proximidade do oceano com amplo aporte de umidade é comum este tipo de formação lenticular no alto da montanha. Não é fácil chegar ao alto da Pedra da Gávea. Trata-se de uma trilha com grau de dificuldade pesado e, aproximadamente, três horas de caminhada, por isso deve ser feita apenas por pessoas com bom preparo físico e acostumadas a caminhadas pesadas e técnicas.


Mas o que são as nuvens lenticulares? Vento e relevo estão por trás das nuvens lenticulares. Por isso, este tipo de nuvem é comum de se observar em regiões de cadeias montanhosas ou cordilheiras como os Andes, Rochosas, Himalaia, etc. As nuvens lenticulares não se movem.

Elas se formam e se transformam continuamente num mesmo ponto à medida que o ar ascende na atmosfera sobre morro ou montanha, condensando-se e produzindo a nuvem. Estão assim, associadas, a ondas na atmosfera que se desenvolvem quando o ar relativamente estável ascende rapidamente ao encontrar uma barreira topográfica perpendicular à direção do vento soprando em altos níveis da atmosfera.

BRUNO BONI

As nuvens lenticulares são mais comuns no inverno porque o vento em níveis mais altos da atmosfera geralmente é mais forte. Na história da ufologia, muitas vezes foram confundidas com discos voadores pelo seu aspecto semelhante, tanto que são conhecidas também como nuvens UFO (OVNI em Inglês).

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios