Anúncios

Boletim diário para a América do Sul desta sexta-feira que acaba de ser publicado pelo NOAA (Administração Nacional de Oceanos e Atmosfera) descreve a onda de frio que atingirá o Cone Sul da América e o Rio Grande do Sul como “extraordinária” (remarkable), tal como a MetSul Meteorologia vem informando desde o começo da semana. A análise diz que a onda polar trará temperatura atípica para locais tão ao Norte como o Norte da Bolívia e o Sul peruano assim como para o Centro-Oeste do Brasil, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. De acordo com o NOAA, o fluxo de umidade que vem do mar trará neve para áreas costeiras da Patagônia até o Sul do Brasil, incluindo a província de Buenos Aires e ainda no Uruguai.



O boletim acrescenta que forte nevadas atingirão grande parte da Patagônia, alcançando Viedma e Bahia Blanca com acumulados de 10 a 15 centímetros. Deve nevar, diz o NOAA, na maior parte da província de Buenos Aires. Na área do Rio da Prata e no Sudeste do Uruguai podem ser esperadas pancadas de neve e de neve misturada com chuva (agua nieve). O NOAA afirma que a neve vai se estender às partes altas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná com acumulações de até 10 centímetros nos pontos mais elevados. Há 10 anos a MetSul acompanha os boletins do NOAA para a América do Sul, coordenados pelo meteorologista Michael Davidson, e jamais nossa equipe tinha visto previsão tão incisiva de frio para a nossa região, nem nas ondas de frio mais intensas dos últimos anos e que em alguns locais não serão superadas pela atual.

Anúncios