Anúncios

Neve caiu em La Pampa (foto), Buenos Aires e Santa Fé, províncias do Centro da Argentina, neste domingo gelado | FM Caldén

Neve caiu neste domingo em lugares poucos acostumados ao fenômeno no Centro da Argentina, acompanhando o avanço de uma poderosa massa de ar polar que vai derrubar a temperatura em uma extensa área do Brasil nesta semana e já começa a se sentir neste domingo de tempo fechado e cada vez mais frio no Rio Grande do Sul.

“O fato de estar nevando hoje em locais pouco acostumados de muito baixa altitude no Centro da Argentina é um sinal que esta massa de ar polar é muito intensa e que não se pode descartar surpresas no Sul do Brasil”, diz a meteorologista Estael Sias da MetSul.


A neve é comum no inverno na província de Buenos Aires, mas não onde caiu hoje. Os flocos foram observados em localidades do Noroeste da província de Buenos Aires, quando normalmente a neve cai apenas na região de Mar de Plata, na costa, e nas áreas de maior altitude da Sierra de la Ventana.

Imagens divulgadas em redes sociais mostravam que nevou forte na tarde de hoje na Sierra de la Ventana, no Sul da província de Buenos Aires. 

O mais impressionante, entretanto, é a neve que caiu no Sul da província de Santa Fé. Na região, a neve é extremamente incomum e rara. A temperatura à tarde era de 9ºC no aeroporto de Rosário, ou seja, o perfil em parte seco e extremamente frio da atmosfera permitiu a queda de neve mesmo com temperatura alta, o que não é o cenário comum do fenômeno.

Essa condição se deve à circulação de uma área de baixa pressão com ar muitíssimo frio em altitude na costa da província de Buenos Aires que está trazendo nuvens com grande desenvolvimento vertical para Buenos Aires e Santa Fé.

Imagem de satélite da tarde de hoje mostrava circulação de uma baixa pressão interagindo com ar gelado e causando neve no Centro da Argentina | INMET

Quando há uma camada (capa) seca os flocos se conservam e pode nevar mesmo com temperatura mais alta. Quando o perfil da atmosfera é muito úmido e a temperatura perto da superfície é mais alta os flocos tendem a derreter.

Com circulação ciclônica, nuvens de desenvolvimento vertical da circulação da baixa pressão e a atmosfera seca foi possível nevar hoje com temperatura mais alta no Sul de Santa Fé.

Com o deslocamento deste centro de baixa pressão (ciclone) para Norte e Nordeste, a MetSul não descarta neve ou chuva congelada no Uruguai e depois no Rio Grande do Sul neste começo de semana, mesmo em áreas de menor altitude.


Pode voltar a nevar em Buenos Aires, especialmente na costa atlântica, na área de Mar del Plata.

Na Argentina, a neve caiu nas últimas horas em diversas províncias que estão bastante acostumadas a presenciar o fenômeno como Mendoza e Rio Negro, mas à medida que o ar gelado avança pelo interior do continente chega a locais menos comuns e em muitas províncias La Pampa, San Luis, Jujuy e Catarmarca.

Anúncios