Anúncios

Porto Alegre teve máximas acima de 30ºC no fim de semana em um mês de março em que o calor foi pouco freqüente na cidade. No sábado, a estação do Instituto Nacional de Meteorologia do Jardim Botânico apontou 30,6ºC. Ontem, último dia do mês, a máxima no local foi de 31,0ºC. Com isso, Porto Alegre terminou março com apenas cinco dias em que a máxima atingiu ou superou a marca de 30ºC. Os registros anteriores tinham ocorrido nos dias 1º/3 (32,0ºC), 2/3 (33,3ºC) e 11/3 (30,2ºC). Pesquisa junto à base de dados históricos que o Instituto Nacional de Meteorologia oferece entre 1961 e 2012 (ausentes os dados de 1985, 1986, 1987 e 2001) evidencia como fugiu ao padrão do mês o baixo número de jornadas quentes.


Meses de março com número tão baixo de dias com máxima igual ou acima de 30ºC apenas foram observados em 1983 (1), 1971 (3) e 1981 (4). Em 2013 se repetiu o ocorrido em março em 1967 e 1968 com só cinco dias de marcas na casa dos 30ºC. Os anos de 1988 e 1999 apresentaram o maior número de jornadas com calor em Porto Alegre com 24 dias de máximas iguais ou acima de 30ºC. Como curiosidade, em 1913, há 100 anos, Porto Alegre teve 7 dias com máximas iguais ou acima de 30ºC.


Anúncios