Uma partida de futebol pela liga de futebol dos Estados Unidos, a Major League Soccer (MLS), provoca um grande debate e polêmica entre atletas, treinadores e jornalistas esportivos norte-americanos. O motivo? O frio e a neve. Profissionais envolvidos no jogo e comentaristas criticaram a realização da partida sob condições extremas de frio e neve.

O técnico do Los Angeles Football Club (LAFC), Steve Cherundolo, disse que foi uma “vergonha absoluta” que a partida de seu time contra o Real Salt Lake (RSL) tenha acontecido, apesar de uma nevasca que envolveu o America First Field em Sandy, Utah, no sábado.

Depois que a partida da Major League Soccer (MLS) foi adiada por mais de três horas devido às condições meteorológicas adversas, o LAFC sofreu uma derrota por 3 a 0 enquanto a neve pesada caía sobre os jogadores em um gramado completamente branco e com baixa visibilidade.

“Não foram condições difíceis [mas] condições impossíveis, uma piada absoluta que tivemos que fazer hoje”, disse Cherundolo aos repórteres. “Não é seguro para os jogadores, um dos piores eventos esportivos profissionais que já vi na minha vida. Sinto-me péssimo pelos jogadores que os fizemos passar por isso. O jogo poderia e deveria ter sido encerrado muitas vezes antes”, esbravejou o treinador.

O pontapé inicial estava originalmente agendado para duas da tarde, hora do Leste dos Estados Unidos, mas o começo da partida teve que ser adiado em duas horas devido aos ventos fortes. A partida começou, foi jogada por apenas quatro minutos, quando teve que ser interrompida por raios próximos. Era uma tempestade de neve com trovoadas (thundersnow), uma ocorrência maias rara.

Treinador do LAFC ficou enfurecido e chamou de “piada” o jogo sob neve intensa | LAFC/DIVULGAÇÃO

Jogadores enfrentaram frio extremo, vento e neve pesada | SLR/DIVULGAÇÃO

De acordo com o LAFC, os jogadores suportaram “temperaturas quase congelantes provocadas por uma das mais fortes tempestades de inverno do ano em Utah”. Para os torcedores foi uma festa. Vídeo filmados por torcedores mostraram o público de bom humor cantando o hino da RSL depois que o time marcou um gol sob a forte nevasca no America First Stadium no sábado.

“Você se prepara a semana toda para condições obviamente normais, prepara os times para certas táticas, e quando fica tão louco e impossível de jogar, nada do que você faz na preparação é importante. Só me deixa perplexo que colocamos os jogadores nisso”, acrescentou Cherundolo. “Eu nem assisti ao jogo, nos últimos 20 minutos você não viu nada.”

Já o treinador da RSL, Pablo Mastroeni, que saiu vencedor no duelo da neve, prestou homenagem à “mentalidade” dos seus jogadores por não permitir que circunstâncias fora do seu controle os afetassem. “Você não se prepara para esse tipo de jogo treinando”, disse ele aos repórteres.

“Acho que a equipe que se adaptou rapidamente às circunstâncias ao seu redor. “Não foi fácil para nenhuma das equipes, então dou um verdadeiro crédito para os jogadores”, destacou o comandante da equipe da cidade de Salt Lake City enquanto as redes sociais do clube celebravam a vitória e a neve.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.