Anúncios

A chocante imagem abaixo publicada em contas de redes sociais de jornalistas norte-americanos é desoladora. Descrita por alguns profissionais de imprensa como apocalíptica. Mostra a cidade síria de Homs, devastada pela guerra civil de mais de dois anos que, de acordo com organizações humanitárias, já matou cerca de 150 mil pessoas. As ruínas de Homs, onde ainda vivem milhares de pessoas, estão cobertas pela neve, lembrando cenas de filmes de inverno nuclear após guerra atômica.



Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Se desgraça pouca é bobagem, a tempestade de gelo, neve e frio intenso que agora está afetando o Oriente Médio castiga também os campos de refugiados da guerra civil no Líbano e na Jordânia. Em terras libanesas, refugiados enfrentam a neve e o frio abaixo de zero nas suas barracas. Na Jordânia, o vento botou abaixo várias tendas. “Estamos todos com medo do inverno, mas voltar para casa, e os bombardeios, e a morte, é muito pior”. Palavras de entristercer de um refugiado sírio.

Anúncios