Anúncios

Porto Alegre deve ter menos chuva que na última semana e instabilidade pode chegar entre o final da segunda e o começo da terça-feira | Alex Rocha/PMPA

Frente fria vai trazer chuva para os três estados do Sul nesta semana, de acordo com a previsão da MetSul Meteorologia. A instabilidade alcançará Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná nesta primeira metade da semana à medida que o sistema frontal é impulsionado por uma nova massa de ar frio.

Com efeito, o tempo começa a mudar no Rio Grande do Sul durante esta segunda-feira. No final deste domingo já não se descarta a chegada das precipitações ao Extremo Sul gaúcho, mas será nesta segunda que a instabilidade deve começar a progredir pelo Estado. O sol aparece com nuvens ainda na maioria das regiões, mas a nebulosidade aumenta e o tempo se instabiliza no decorrer do dia em pontos do Oeste e do Sul gaúcho. À noite, no final da segunda, as precipitações podem alcançar áreas mais ao Centro do território gaúcho, incluindo a região de Porto Alegre.


Na terça-feira, a chuva deve se concentrar na Metade Norte ao passo que o Oeste e o Sul do Estado deve começar a apresentar melhoria do tempo com a chegada de ar mais seco e frio que pode alcançar com a melhora do tempo até o Centro gaúcho. Também na terça, com a progressão do sistema frontal para a Norte, a chuva deve alcançar áreas de Santa Catarina e do Paraná.

Na quarta-feira, o sol aparece no Rio Grande do Sul com uma massa de ar seco e frio enquanto a instabilidade do sistema frontal tende a se concentrar mais em parte de Santa Catarina e áreas do Paraná e até de São Paulo.

A chuva da última semana foi razoável em diversas regiões do Rio Grade do Sul com registros de 30 mm a 50 mm em muitas cidades e até superiores a 50 mm em alguns. Já Santa Catarina e o Paraná tiveram muito pouco ou nada de chuva na esmagadora maioria das cidades.

Nesta semana, ao contrário, a frente fria vai trazer mais chuva para os estados catarinense e paranaense que na semana que passou, mas mesmo assim os volumes não devem ser suficientemente altos diante das necessidades hídricas provocadas pela estiagem de longa duração.

O mapa abaixo mostra a projeção de chuva do modelo Icon do serviço meteorológico alemão, disponível ao assinante na seção de mapas, em que se observa a tendência de chuva para esta semana no Sul do Brasil.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Como se vê, a tendência é de a chuva atingir com maiores volumes áreas entre o Norte do Rio Grande do Sul e o Paraná ao passo que na maioria das regiões gaúchas os acumulados devem ser baixos.

Anúncios