Anúncios

O fim de semana será marcado por condições extremas no Cone Sul da América do Sul com uma multiplicidade de fenômenos e uma enorme variabilidade térmica dentro da região com frio muito intenso para a época do ano e calor excessivo ao mesmo tempo. Como se todas as estações do ano estivessem presentes, o Cone Sul terá cenas de neve e praias lotadas por calor a uma semana do Natal.

METSUL METEOROLOGIA

O fim de semana “maluco” no Cone Sul vai ser resultado de duas massas de ar com características radicalmente distintas e ambas de forte intensidade. Enquanto no Sul do continente vai avançar uma massa de ar muito frio para os padrões da segunda metade de dezembro, a uma semana do Natal, outra massa de ar, muito quente, atuará sobre as latitudes médias e grande parte do Brasil.


O efeito será um contraste térmico brutal entre o que vai se observar, por exemplo, de temperatura entre o Norte e o Sul da Argentina com máximas de até 42ºC a 43ºC no Norte e no Nordeste do país vizinho ao mesmo tempo que em províncias mais ao Sul se experimentará frio intenso fora de época e até com neve a dias do Natal.

Este enorme contraste térmico terá como efeito ainda tempo severo. O avanço do ar frio pela Argentina, ao encontrar a massa de ar muito quente, vai provocar tempestades fortes a severas com alta probabilidade de danos em diferentes províncias do território argentino entre hoje e amanhã.


Enquanto isso, o Centro e o Sul do Brasil amargarão um fim de semana de muito calor com marcas até 10ºC acima do normal para esta época do ano em algumas áreas e marcas excessivamente altas, mesmo para os padrões de dezembro, em vários estados brasileiros.

Frio e neve no Sul do continente

Uma massa de ar frio avança nesta fim de semana pelo Sul da Argentina e do Chile com queda acentuada da temperatura na região patagônica. Trata-se de uma incursão de ar frio de forte intensidade para esta época do ano na região. Com a atuação de áreas de baixa pressão na Patagônia, a interação do ar frio com a instabilidade deve provocar neve em pontos da Cordilheira dos Andes e áreas de média altitude próximas.

METSUL METEOROLOGIA

Esta massa de ar frio terá seus efeitos mais limitados ao Centro-Sul da Argentina. Vai chegar a provocar queda de temperatura na região de Buenos Aires e Montevidéu com mínimas abaixo do normal na terça e na quarta, mas no Rio Grande do Sul não vai trazer frio e será responsável por um refresco e uma trégua do calor a partir de terça-feira e da quarta, conforme a região do estado.

Tempestades severas

O avanço do ar frio sobre uma grande massa de ar quente sobre a América do Sul vai reforçar uma frente fria na dianteira do ar frio e provocar muitas tempestades entre hoje e amanhã no Norte da região patagônica, no Centro da Argentina e posteriormente no Uruguai.

A frente fria traz muitas tempestades da tarde para a noite de hoje em La Pampa e mais ao Sul da província de Buenos Aires. No final do dia e amanhã, a frente se desloca com chuva intensa e temporais pelo Centro da Argentina, alcançando vários departamentos do Uruguai.

METSUL METEOROLOGIA

Os índices de instabilidade projetados para a tarde e a noite deste sábado na Argentina são altíssimos, o que, com a condição atmosférica que se espera, deverá levar a tempo muito severo com tempestades fortes a severas, algumas violentas, em que podem se dar fenômenos como vendavais intensos e granizo de variado tamanho, além de chuva torrencial. Mesmo o risco de tornados não pode ser afastado com uma corrente de jato em baixos níveis atuando no Centro da Argentina.

Calor excessivo no Sul do Brasil

O fim de semana será de muito calor e abafamento no Sul do Brasil. Maior presença de nuvens deve impedir que o Rio Grande do Sul tenha neste sábado um dia tão quente como ontem, quando as máximas se aproximaram dos 40ºC na Grande Porto Alegre. A atmosfera quente e úmida deve, inclusive, favorecer chuva e temporais isolados outra vez em pontos do estado.

O calor, porém, ganha força durante o domingo à medida que ar mais quente chega ao Sul do Brasil. Grande parte do Rio Grande do Sul deve ter um domingo com máximas de 35ºC a 40ºC, mas em alguns pontos a temperatura deve passar dos 40ºC. As mais recentes projeções indicam para Porto Alegre máxima entre 38ºC e 39ºC enquanto na região metropolitana pode fazer 40ºC.

METSUL METEOROLOGIA

O calor será muito intenso neste domingo ainda em vários pontos de Santa Catarina e o Paraná. As máximas à tarde devem ser especialmente elevadas no setor Oeste dos dois estados e no Sul catarinense. Marcas de 36ºC a 39ºC são esperadas em diversas cidades.

EARTH NULL

Uma corrente de jato (vento) em baixos níveis vai reforçar o calor no Sul do Brasil neste domingo, elevando as máximas em relação a este sábado. A interação do vento com o relevo, gerando o que se denomina de aquecimento adiabático, pode levar a extremos maiores de calor em áreas de vales e encostas de Serra.

Calorão no Centro do Brasil

A massa de ar muito quente sobre o Norte da Argentina e o Paraguai se estende ao Centro-Oeste e ao Sudeste do Brasil com muito calor neste fim de semana. Um grande número de cidades do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul deve ter marcas acima dos 40ºC tanto neste sábado como no domingo. O calor muito intenso atinge ainda o interior de São Paulo, várias regiões de Minas Gerais, Goiás e o Rio de Janeiro.

METSUL METEOROLOGIA

METSUL METEOROLOGIA

Calor de 40ºC pode ser bastante comum em Cuiabá e outras cidades do Centro-Oeste entre os meses de agosto e novembro, o período mais quente do ano na região, mas não em dezembro, que pela maior umidade e chuva frequente não costuma ter marcas extremas de calor.

Cuiabá, por exemplo, não teve uma máxima oficial de 40ºC ou mais em dezembro nos últimos anos. Este episódio quente, entretanto, não chega a ser tão intenso quanto os da primavera, como os de setembro, outubro e o mês passado. Na primavera, marcas de 43ºC a 45ºC foram observadas, o que não ocorre neste onda de calor.

Na cidade de São Paulo, o calor deste fim de semana é absolutamente normal e dentro do que poderia se esperar nesta época do ano com máximas ao redor ou pouco acima de 30ºC, sem extremo algum. O calor mais intenso se concentra no interior paulista, onde nesta época deveria estar chovendo com maior frequência e volumes sem tantos dias muito quentes.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios