Anúncios

A MetSul recomenda muita atenção aos motoristas que tiverem como destinos os Litorais Norte do Rio Grande do Sul e a costa de Santa Catarina nesta sexta-feira e no sábado. O feriadão do Natal foi o mais trágico no trânsito no Estado em uma década com 38 mortes e não há necessidade que a estatística se repita. Logo, muito cuidado e prudência ao dirigir, especialmente porque as condições atmosféricas tendem a ser ruins na ida e possivelmente na viagem de volta na terça-feira. Nesta sexta, há o risco de chuva forte a ocasionalmente torrencial em alguns momentos em trechos das principais rodovias de acesso às praias como a Freeway, Estrada do Mar, Rota do Sol e a BR-101. Motoristas podem enfrentar restrição de visibilidade e nos locais onde a chuva for mais forte ainda há possibilidade de aquaplanagem. No sábado, persiste a chance de chuva forte na BR-101, sobretudo no trecho catarinense da rodovia, o que deverá complicar mais o trânsito já conturbado.

O feriadão do Ano Novo não deve repetir o Natal no comportamento do tempo, quando o sol predominou e registrou-se calor intenso, até extremo, com marca de 41,2ºC na cidade de Torres e 39ºC em Rio Grande na tarde do dia 25. A primeira diferença neste feriadão já começa pelo mar. Um ciclone extratropical intenso, indicado como de 954 hPa, no Extremo Sul do Atlântico, que não representa risco algum para o continente, gerou uma pista de vento no oceano na costa da América do Sul.



O swell de Sul deve trazer mar agitado para as costas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina entre esta sexta e o sábado com possibilidade de ressaca, inclusive, na orla. Os modelos de onda não indicam um alto risco de ressaca, projetando ondas para o Litoral Norte do Rio Grande do Sul entre 2 e 2,5 metros com fortes correntes de Sul. Cuidado redobrado, portanto, dos surfistas com redes de pescadores.


Quem tem como destino o Litoral Norte do Estado não terá um feriadão como o do Natal, porém a tendência é que possa sim ter períodos aproveitáveis. As praias do Litoral Norte têm chuva nesta sexta que deve ser forte, o que pode causar alagamentos. Espera-se ainda vento moderado de Sudeste. No sábado, muitas nuvens ainda e chuva no decorrer do dia, especialmente entre Capão da Canoas e Torres. Já na parte mais ao Sul do Litoral Norte períodos de melhoria. Segue amena a temperatura. Tanto no domingo como na segunda-feira espera-se que o sol possa aparecer com nuvens e temperatura mais alta, porém sem calorão. Pode, porém, ocorrer chuva localizada, sobretudo da tarde para a noite nos dois dias. Na terça, o dia começaria com tempo seco, mas no decorrer do dia a nebulosidade aumentaria com a possível volta da chuva.

Para quem vai ou já está no Litoral de Santa Catarina a tendência não é melhor. O quadro deve ser de instabilidade ao longo de todo o feriadão nas praias catarinenses. Significa a ocorrência de chuva o tempo todo ? Não, mas que o tempo não firma. Pode ter chuva no litoral catarinense todos os dias até terça-feira. Em alguns momentos mais generalizada, como nesta sexta e no sábado, em outros momentos esparsa e passageira, o que poderá permitir períodos de melhoria até com aberturas de sol, em algumas praias. As pancadas de chuva mais fortes tendem a ocorrer mais da tarde para a noite e pela característica de chuva de verão podem ser localmente torrenciais e com trovoadas em alguns balneários. Parte da orla poderá ter chuva na hora da virada.  A temperatura segue amena no início do feriadão, mas esquenta nos próximos dias com sensação de abafamento pela elevada umidade.


Projeção de chuva de um dos modelos numéricos analisados pela MetSul para 16h de sábado, domingo, segunda e terça. Mapas não refletem necessariamente a nossa previsão e são uma mera ilustração. A previsão é elaborada com base em um conjunto de modelos nacionais e internacionais, além de outros dados.


Mais ao Sul a tendência é muito melhor. A nebulosidade diminui no decorrer desta sexta no Litoral Sul gaúcho e o sol deve aparecer com nuvens, mas chuva ocasional e isolada não pode ser descartada mais perto de Rio Grande. A região segue sob influência de uma massa de ar frio, proporcionando marcas amenas e vento Sul. No fim de semana, o sol aparece com nuvens com alguns períodos de maior nebulosidade entre o Cassino e a praia do Hermenegildo. A temperatura sobe, especialmente no domingo. Na segunda faz calor. Na terça, ingressa uma massa de ar frio de forte intensidade no decorrer do dia com vento Sul que pode soprar com rajadas fortes. Modelos discrepam muito se este pulso de ar frio seria antecedido por instabilidade. Se houver, deve ser breve.

Muita gente do Rio Grande do Sul já está no Uruguai ou a caminho. A tendência para a costa uruguaia, incluindo a região do Parque de Santa Teresa, Punta del Diablo, Punta del Este, La Paloma, Piriápolis e a chamada Costa de Oro é de predomínio do tempo seco. O sol aparece, apesar de momentos com algumas nuvens, e a temperatura estará agradável com marcas entre 25ºC e 28ºC. Há modelo indicando até chuva rápida sábado no Sul do Uruguai, mas a maioria das simulações sinaliza dias de sol e nuvens. Na segunda-feira é que se espera maior aquecimento com máximas até na casa de 30ºC em alguns pontos com sensação de abafamento. O vento no feriadão sopra moderado com alguma rajadas, mas na terça deve ser forte do quadrante Sul (70 a 90 km/h) na costa uruguaia, marcando o ingresso de uma forte massa de ar frio para esta época do ano. Na madrugada pode se dar alguma instabilidade com chance de chuva e trovoadas isoladas, mas no decorrer do primeiro dia do ano o sol aparece com temperatura amena e até sensação de frio devido ao vento.

Anúncios