Anúncios

Porto Alegre terá uma tarde escaldante de até 38°C e presença de fumaça de queimadas no céu | Fernando Oliveira

Os gaúchos vão enfrentar mais um dia de muito calor nesta quinta-feira com máximas ainda mais altas do que as registradas ontem em um grande número de cidades à medida que a bolha de ar quente sobre o Rio Grande do Sul se intensifica e provoca uma escalada de temperatura que levará a máximas excepcionais durante o fim de semana com possibilidade de múltiplas marcas históricas tanto na região de Porto Alegre como no interior.

O sol aparece com nuvens nesta quinta-feira em todo o Rio Grande do Sul, mas parte do dia terá céu claro em diversas regiões. A massa de ar extremamente quente em intensificação que cobre o Estado traz outro dia de temperatura muito acima do normal com marcas ao redor ou acima de 40ºC em muitas cidades, como nos Vales, no Centro gaúcho, no Oeste, Alto Jacuí e na Grande Porto Alegre.


No Noroeste do Rio Grande do Sul, marcas extraordinariamente altas tornam a ocorrer em mais uma jornada por demais anormal de calor em que as máximas devem ficar ao redor de 10ºC acima das médias históricas desta época do ano. Correntes de vento de Norte vão trazer fumaça de incêndios para o Estado com o alto número de queimadas no Nordeste Argentina e Paraguai pela onda de calor.

A previsão para a tarde é de máximas de 38ºC em Porto Alegre, 39ºC a 40ºC na Grande Porto Alegre, 39ºC a 41ºC nos vales, 35ºC em Caxias do Sul e 37ºC a 38ºC em estações de baixadas e de fundo de vale da Serra, 32ºC nos Campos de Cima da Serra, 41ºC a 43ºC no Noroeste gaúcho e nas Missões, 39ºC a 41ºC no Oeste gaúcho, 40ºC no Centro do Estado, 35ºC em Bagé, e 34ºC na área de Pelotas.


Com o forte aquecimento, nuvens vão se formar e da tarde para a noite pancadas isoladas de chuva atingem diversas regiões do Estado. Setores muito localizados podem ter temporais fortes de vento e granizo.

São formações muito localizadas, ocasionalmente severas, mas passageiras. A chuva de verão na segunda metade do dia será por demais irregular e não alcança um grande número de cidades e, mesmo nos municípios em que chover, a chuva não atinge todos os locais.

A MetSul Meteorologia reforça o alerta que a bolha de calor que está instalada sobre o Rio Grande do Sul há mais de uma semana deve se intensifica ainda mais nos próximos dias com uma escalada na temperatura que levará grande parte do Estado a ter máximas ao redor ou acima dos 40ºC no fim de semana.

Haverá municípios com até 45ºC, valor mais comum no Oriente Médio no verão. Mesmo pontos da Serra poderão ter 40ºC. Com isso, múltiplos recordes de máximas vão cair e o recorde estadual oficial de calor poderá ser batido.

Anúncios