Anúncios

A semana começa com Calgary ainda sofrendo os efeitos de um desastre. Pelo menos 100 mil pessoas foram evacuadas de suas casas na cidade da província canadense de Alberta por conta das inundações que atingem as principais cidades da região. As autoridades informaram que as águas dos rios Bow e Elbow, que confluem em Calgary, que tem 1,1 milhão de habitantes, alcançaram a cota máxima neste fim de semana. O centro da cidade, onde se concentram as sedes das principais companhias petrolíferas do Canadá e por onde diariamente cerca de 375 mil passam para trabalhar foi totalmente evacuado.



Uma das imagens mais impressionantes foi a inundação do Saddledome, principal arena da cidade. “Há perda total no nível inferior”, disse o presidente do time de hóquei sobre o gelo Calgary Flames (integrante da NHL) Ken King. Ele garantiu que a arena estará pronta no começo da próxima temporada. “Estamos pedindo tudo novo, inclusive o material de jogo”, garantiu.


A água da inundação alcançou até a décima quarta fileira da arena de Calgary. Projeção computadorizada (abaixo) mostra a altura que a água atingiu no interior da praça de esportes. Ainda não existe uma estimativa do prejuízo com as enchentes.



O Governo de Alberta disse que as inundações foram provocadas por três dias de forte chuva na parte oriental das Montanhas Rochosas. A crise começou na quarta-feira da semana passada com as intensas precipitações na região e que chegaram a acumular 200 milímetros de água em 24 horas em solos que estavam saturados por vários dias de chuva mais moderada ou que ainda estavam congelados após o fim do inverno. As Rochosas em Alberta ainda tiveram muita neve no inverno, aumentando a vazão de água nos rios da região com o degelo. Em novembro do ano passado estive no Parque Nacional de Banff (considerado um dos mais belos do mundo), em Alberta, e enfvrentei muita neve. O comentário entre os moradores da região era sobre como tinha começado a nevar cedo e com tamanha intensidade.

Anúncios