Anúncios

Bombeiros utilizaram cães farejadores nesta sexta0-feira | ARI DIAS/AEN

As autoridades encerraram as buscas no local do deslizamento de terra ocorrido na noite de segunda-feira na BR-276, em Guaratuba, no trecho da Serra do litoral Sul do Paraná. Segundo o boletim do final da tarde desta sexta do gabinete de crise do deslizamento da BR-376, todas as áreas com possibilidade de vítimas ou veículos foram acessadas hoje.

Foram realizadas buscas com cães e homens no local do desastre e não foram encontradas novas vítimas ou veículos, informa o comunicado. A operação de resgate começou na segunda-feira e completou 96 horas. O Corpo de Bombeiros do Paraná encerrou a busca por vítimas, diz a nota. Uma equipe continuará no local, com uma viatura de combate a incêndio e resgate, para trabalhos preventivos.


A Polícia Científica do Paraná concluiu a busca ativa por todos as pessoas que haviam sido dadas por desaparecidas com relação ao incidente. No total, foram recebidas 22 ligações nos números indicados desde o começo da operação com diversas informações e 15 pessoas foram encontradas em outros contextos não relacionados ao deslizamento.

Até agora foram constatadas 14 pessoas envolvidas diretamente no episódio, com duas mortes e seis pessoas resgatadas com vida. As outras seis pessoas conseguiram escapar dos veículos sem precisar de atendimento.


A semana do deslizamento na BR-376 teve 185,4 mm de chuvas em um único dia na região. No local do deslizamento foram removidos seis veículos pesados e três veículos leves. A equipe da concessionária Arteris Litoral Sul mantém os trabalhos na rodovia, realizando a retirada de materiais e efetuando obras de recuperação e recapeamento da pista.

A Polícia Rodoviária Federal e a empresa continuam todos os trabalhos de estabilização das estruturas da rodovia. O trânsito permanece interrompido, sem previsão de liberação para a retomada do tráfego na divisa do Paraná com Santa Catarina.

Anúncios