Anúncios

Volumes elevados de chuva foram registrados entre terça e ontem em parte do Estado. Os maiores acumulados se deram no Oeste e no Noroeste do Estado. Dados até a tarde de ontem indicavam 100 mm em Uruguaiana (150 mm no interior do município), 82 mm em Quaraí, 75 mm em Alegrete, 67 mm em São Borja, 61 mm em Itaqui, 59 mm em Entre-Ijuís, 59 mm em Rosário do Sul, 56 em Dom Pedrito, 47 mm em Santa Rosa, 46 mm em Ijuí, 44 mm em Santa Barbara do Sul, e 41 mm em Horizontina, dentre outros municípios.

Em Porto Alegre, a forte pancada de chuva acompanhada de raios e trovoadas da madrugada de ontem despejou 25 mm em alguns bairros da cidade, quase um quarto da média histórica de precipitação do mês de novembro na Capital.


A chuva, porém, não foi “democrática”. Pouco ou nada choveu em diversas localidades do Leste do Rio Grande do Sul, especialmente as mais próximas da costa. A máxima atividade da frente seu deu na Metade Oeste porquanto a atmosfera estava mais quente e com menor pressão atmosférica sobre o Norte da Argentina.


Depois de uma trégua hoje e amanhã, a chuva retorna ao Rio Grande do Sul neste fim de semana. No sábado, a instabilidade vai afetar principalmente o Oeste, o Sul e o Centro do Estado, atingindo as demais regiões, Santa Catarina e o Paraná no domingo. (Com foto de capa de Ciro Groh)

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios