Anúncios

Uma massa de ar quente e úmido está instalada sobre o Rio Grande do Sul por vários dias e o ar tropical pela sua característica tende a favorecer movimentos convectivos na atmosfera. O resultado são grandes nuvens do tipo cumuliforme que impressionam. Veja algumas das imagens da sexta-feira no Rio Grande do Sul.

Porto Alegre – Alex Fabiani Santos

Ijuí – Joana Bellé

Lajeado – Ageu Kehrwald

Santa Cruz do Sul – Jean Moraes

Tapejara – Claudio dos Santos Júnior

Novo Hamburgo – Daniel Fleck

Santo Cristo – Daniel Brum

Tramandaí – Vinicius Emanuelli

Capäo da Canoa – Sérgio Lima

BR-472 – @rosalos

Porto Alegre – Mauricio Maciel

Nos meses quentes do ano, o calor e a umidade geram movimentos ascendentes na atmosfera, o que se denomina de convecção, que forma nuvens carregadas durante o dia à medida que a temperatura vai subindo. 


Por isso, as pancadas de chuva ocorrem na maioria das vezes da tarde para a noite.


É justamente o efeito do aquecimento proporcionado pela presença do sol em horas da manhã e do começo da tarde que forma as nuvens carregadas. As nuvens quando bem desenvolvidas, então, despejam chuva.

No inverno, este tipo de situação de nuvens de desenvolvimento vertical ocorre quando há circulação de um ciclone extratropical que proporciona nuvens carregadas isoladas também por convecção, mas é algo muito menos recorrente que no verão, época em que movimentos convectivos são predominantes pelo calor frequente

Anúncios