Anúncios

Edi Buzz

A MetSul Meteorologia enxerga com muita cautela as projeções otimistas do mercado quanto à safra de milho safrinha no Sul e no Centro-Oeste do Brasil agora nos meses de outono. O mercado trabalha com base em projeções de chuva acima da média nas principais áreas produtoras do país como Paraná e Mato Grosso do Sul, mas para a MetSul há risco de deficiência de precipitação em muitas áreas produtoras.

Muitas projeções se baseiam nos indicativos do modelo climático norte-americano de chuva acima da média, entretanto a MetSul pondera que  uma análise dos prognósticos de diversos outros modelos climáticos sugere um cenário diferente com chuva abaixo da média nos próximos 45 dias em muitos municípios do Sul e do Centro-Oeste que produzem o “safrinha”.

Outro risco é geada. Será uma estação com temperatura acima da média histórica, mas ocorrerão dias frios ou muito frios. Agora em abril, já na sua primeira quinzena, espera-se ingresso de ar mais frio que deve trazer geada, mas para cidades de maior altitude. O risco de geada em áreas produtoras será maior mesmo no mês de maio. 

Anúncios