Anúncios

A imagem de satélite abaixo do canal visível da tarde de hoje mostrava o tempo aberto na maior parte do Rio Grande do Sul, mas fortes áreas de instabilidade atuavam no Uruguai e no Centro-Norte da Argentina, geradas por centros de baixa pressão térmicos associados ao ar quente e úmido. Detalhe importante na imagem é uma espiral de nuvens na costa do Chile. Trata-se de um centro de baixa pressão que vai mudar radicalmente nos próximos dias o nosso padrão atmosférico aqui no Sul do Brasil.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Esse sistema cruzará entre amanhã e quinta os Andes ao se deslocar para Leste. Ao alcançar o centro da Argentina na quinta, a área de baixa pressão vai se aprofundar muito e começará a dar origem a uma frente fria, além de provocar chuva intensa e tempestades no Centro argentino e no Uruguai. Essa frente avançará pelo território gaúcho durante a sexta-feira, trazendo chuva que isoladamente poderá ser forte e com temporais localizados. Relevante é que a frente vai romper o bloqueio atmosférico de várias semanas, abrindo caminho para novas frentes e incursões de ar frio. Já neste fim de semana refresca bastante e na próxima semana há a possibilidade de ingresso de ar mais frio no Rio Grande do Sul com queda acentuada da temperatura na madrugada.

Anúncios