Anúncios

Ciclone extratropical que atua a sudeste do Rio Grande do Sul irá impulsionar a chegada de uma massa de ar polar de fraca intensidade.  A segunda-feira começou com pancadas de chuva em pontos da Metade Leste do Estado, mas ao longo do dia o tempo abriu e o sol predominou. A temperatura subiu a tarde e a máxima chegou a 31,6°C em Parobé, 31,2°C em Campo Bom, 30,9°C em São Leopoldo, 30,5°C em Taquara e 30,3°C em Teutonia. As rajadas de vento ganharam intensidade a partir da tarde em diversas regiões. Na Capital o aeroporto Salgado Filho registrou rajadas de 60 km/h às 19h. Em Canoas o vento foi mais intenso e a base aérea registrou 68 km/h. Segundo os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) em Mostardas as rajadas alcançaram 68 km/h, em Encruzilhada do Sul 67 km/h, em Rio Grande e Canguçu as rajadas chegaram 61 km/h.


Nas próximas horas o vento persiste com rajadas moderadas em partes do Sul e Leste especialmente. As rajadas poderão oscilar entre 50 e 70 km/h. Amanhã entre a madrugada e o turno da manhã o vento será mais persistente e intenso associado na Zona Sul e na Costa Doce. As rajadas poderão oscilar ao redor de 70 km/h. Nesse interim ressalta se que a terça-feira será um dia ventoso no Rio Grande do Sul, contudo, a tendência é das rajadas mais expressivas ficarem concentradas  em cidades do Sul e Leste. Na região Metropolitana de Porto Alegre as rajadas poderão oscilar entre 50 e 70 km/h.


Por outro lado na medida em que o ciclone se afasta o ar seco  avança e propicia uma semana de sol com manhãs que podem ser mais frias que o normal para esta época do ano. Nos pontos de maior atitude de serra as mínimas irão oscilar ao redor de 5°C na quarta, quinta e sexta. O ar seco associado ao vento calmo, com céu claro e frio favorece a ocorrência de geada nessas áreas de maior altitude. Sob o mesmo ponto de vista o ar seco propicia tempo firme com sol e a temperatura subir durante as tardes com elevação gradual ao longo da semana trazendo de volta o calor.

Anúncios