Anúncios

A chuva caiu forte em pontos do Sul, Centro-Oeste e o Sudeste do Brasil nas últimas horas e a previsão da MetSul Meteorologia indica que ainda tem muita água por vir nos próximos dias, inclusive com acumulados localmente excessivos em pontos do estado do Paraná, e no Centro-Oeste e o Sudeste do Brasil.


O mapa acima mostra a projeção de chuva acumulada entre 21h de ontem e 21h da quinta-feira, 29 de novembro, conforme dados do modelo meteorológico alemão Icon, disponível ao assinante (assine aqui). Como se observa, os acumulados de chuva no período deverão passar de 100 mm em diversos pontos do Mato Grosso do Sul, São Paulo e do Paraná.

Nesta quinta, as pancadas de chuva atingem todos os estados do Centro-Oeste, São Paulo, áreas do Rio de Janeiro e o Paraná, além do Sul e o Oeste de Minas Gerais. Já nesta sexta, pancadas novamente em muitas áreas do Centro-Oeste com volumes altos em vários pontos do Mato Grosso do Sul. Chove em grande parte do estado paulista, inclusive localmente forte, e em diversas cidades fluminenses e do Oeste e o Sul mineiro. Pancadas também ocorrem em diferentes áreas do Paraná.


O fim de semana terá chuva no sábado do Centro para o Norte do Paraná e isolada em muitos locais do Centro-Oeste. No Sudeste, as pancadas serão mais localizadas e vão se concentrar no sábado em São Paulo e Minas. No domingo, chuva em forma de pancadas em grande parte do Centro-Oeste e diversos pontos de São Paulo e do Centro, Oeste e o Sul mineiro.

A temporada seca ficou para trás. Na primeira metade deste mês, uma prolongada onda de calor inibiu a ocorrência de chuva mais frequente que já costuma marcar o mês de novembro. Agora, instala-se o padrão climático mais típico desta época do ano com aumento da chuva.

Entre o final da primavera e o começo do outono, o regime de chuva muda por completo no Centro-Oeste e no Sudeste do Brasil, ocorrendo o período mais chuvoso do ano. Os meses de janeiro e fevereiro são os mais chuvosos do calendário na climatologia regional.

A MetSul alerta que, isoladamente, estas pancadas previstas para hoje e os próximos dias podem ser fortes a torrenciais com altos volumes em curto período, trazendo alagamentos e inundações repentinas. Ainda podem ocorrer temporais localizados com raios, rajadas de vento e ocasional queda de granizo.

No Paraná, os acumulados de chuva nas últimas 48 horas até 9h de hoje foram de 89 mm em Cambará, 81 mm em Curitiba, 69 mm em Pinhais, Toledo e Marechal Cândido Rondon, 68 mm em Campina da Lagoa, 61 mm em São Miguel do Iguaçu, 59 mm em Palmas, 58 mm em Guaíra, 54 mm em Colombo e Japira, e 53 mm em Cândido de Abreu.

Em São Paulo, no mesmo período, choveu 67 mm em Marília e Presidente Prudente, 66 mm em São Miguel Arcanjo, 62 mm em Franca, 60 mm em Campos do Jordão e 58 mm em Ourinhos. Em Goiás, 81 mm em Iporá, 55 mm em Aragarças e 45 mm em Luziânia.

No Mato Grosso do Sul, 67 mm em Costa Rica, 56 mm em Sete Quedas, 49 mm em Água Clara e 45 mm em Bataguassu. No Mato Grosso, 72 mm em Brasnorte, 52 mm em Alta Floresta, 46 mm em Rondonópolis e 42 mm em Primavera do Leste.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios