Anúncios

Uruguai vai enfrentar sequência de dias com chuva e risco de temporais | MATIAS MEDEROS

Forte episódio de instabilidade é previsto para o Uruguai neste fim de semana e na segunda-feira. O país vizinho vai enfrentar muita chuva e tempestades com elevado risco de transtornos à população em diferentes departamentos. Modelos numéricos analisados pela MetSul indicam elevados índices de precipitação em diversas áreas do país.


O mapa acima mostra a projeção de chuva para 72 horas, até 21h de segunda-feira, do modelo WRF da MetSul Meteorologia, disponível ao assinante na seção de mapas. Observa-se a tendência de os acumulados de precipitação serem significativo no Uruguai enquanto na maior parte do Sul do Brasil ou não chove ou chove apenas de forma isolada, ocasionalmente forte pela alta temperatura que favorece nuvens carregadas localizadas que podem trazer temporais.

Os volumes de chuva em pontos do Uruguai na soma deste fim de semana e da segunda-feira devem superar 100 mm em diversos departamentos, mas haverá pontos do país em que os totais de precipitação devem exceder valores de 150 mm ou 200 mm. Com isso, é alto o risco de alagamentos e inundações com crescidas de rios e arroios. Não podem ser descartados bloqueios de estradas (rutas) em alguns departamentos em consequência de inundações localizadas pelo excesso de chuva.


Uma massa de ar quente vai estar sobre o Sul do Brasil e o Nordeste da Argentina no período, o que vai garantir energia para a formação sucessiva de áreas de instabilidade sobre o Uruguai até segunda-feira. São esperadas nuvens de desenvolvimento vertical capazes de despejar volumes de chuva muito altos em curtos períodos.

A forte instabilidade, além de trazer chuva volumosa em vários departamentos, aumenta ainda o risco de tempo severo. Com a alimentação de ar quente de Norte, a probabilidade de que ocorram temporais isolados com muitos raios, granizo e vendavais localizados é elevada. Estes temporais poderão provocar danos em algumas localidades uruguaias.

Embora grande parte do Sul do Brasil siga com tempo firme e quente com instabilidade apenas isolada, áreas de fronteira do Rio Grande do Sul, no Oeste e no Sul do Estado, devem ter chuva e algum risco de temporal localizado ante a proximidade da forte instabilidade sobre o Uruguai com as nuvens de desenvolvimento vertical avançando por vezes para a região de fronteira. O extremo Sul gaúcho, em especial, deve sentir os efeitos da instabilidade no território uruguaio com chuva que pode ser localmente forte.

Anúncios