Anúncios

Sol, chuva e arco-íris em Novo Hamburgo na tarde deste sábado | ALEXANDRE PINTO

O sábado foi de muito calor no Rio Grande do Sul com marcas acima dos 35ºC durante a tarde em diversas regiões. Com a alta temperatura e o aumento da umidade, nuvens carregadas se formaram durante a tarde com pancadas de chuva e temporais isolados em diferentes pontos da geografia gaúcha.

As máximas na rede do Instituto Nacional de Meteorologia atingiram 38,0ºC em Rio Pardo, 37,5ºC em Campo Bom e em Teutônia, 36,5ºC em Porto Alegre e em Uruguaiana, 36,4ºC em São Vicente do Sul, 36,2ºC em São Luiz Gonzaga, 36,1ºC em São Gabriel, 35,9ºC em Alegrete, 35,2ºC em Quaraí e 35,1ºC em Santa Maria.


Já estações automáticas particulares apontaram máximas de 38,8ºC em Venâncio Aires e em Parobé, 38,2ºC em Lajeado e em Teutônia, 38,1ºC em Novo Hamburgo, 38,0ºC em Esteio, 37,8ºC em Feliz e em Canoas, 37,2ºC em São Borja, 36,8ºC em São Leopoldo, 36,6ºC em Itaqui, 36,5ºC em Cachoeira do Sul e 36,4ºC em Bossoroca.

A temperatura muito alta no território gaúcho em uma atmosfera mais úmida gerou nuvens de maior desenvolvimento vertical a partir do meio da tarde e que trouxeram pancadas localizadas de chuva em várias regiões do Rio Grande do Sul e que isoladamente foram fortes.


Uma das regiões que teve chuva foi a Grande Porto Alegre, onde a combinação de sol e chuva acabou por proporcionar um espetacular arco-íris na cidade de Novo Hamburgo, coincidindo com a partida entre Novo Hamburgo e Grêmio que era disputada na cidade. O arco foi visto ainda de outros municípios da região e até de Porto Alegre.

A chuva de verão resultou em enorme variabilidade de volumes na região metropolitana. Até 19h, por exemplo, choveu 48 mm na Morada do Vale, em Gravataí, praticamente a metade da média de chuva de março inteiro. Na Vila Augusta, em Viamão, foram 33 mm. No Jardim Algarve, em Alvorada, a precipitação somou 12 mm.

Em vários locais da Grande Porto Alegre e em alguns bairros da capital gaúcha sequer choveu, mas as rajadas de vento ficaram entre 60- km/h e 70 km/h no Aeroporto Salgado Filho e na base aérea de Canoas com a presença das nuvens carregadas e a chuva que derrubou a temperatura, mas não eliminou o abafamento.

Neste domingo, o cenário se repete. O dia terá a presença do sol na maior parte do Rio Grande do Sul. Nuvens devem ser esperadas em todas as regiões no decorrer do dia com aumento maior da cobertura de nebulosidade no Oeste e no Sul, onde áreas de instabilidade trazem chuva em diversos pontos e em algumas cidades já desde cedo.

Nas demais regiões do Rio Grande do Sul, o domingo tem sol e nuvens com aumento da nebulosidade da tarde para a noite, quando ocorrem pancadas novamente isoladas de chuva e temporais localizados pelo calor.

A sensação de abafamento vai predominar. Mais uma vez a tarde terá máximas elevadas no estado gaúcho que ficam próximas ou passam dos 35ºC em algumas regiões, inclusive na área da Grande Porto Alegre.

Anúncios