Previsão do tempo para amanhã indica o retorno da chuva para diversas cidades do Rio Grande do Sul até o final da quinta-feira | IARA PUNTEL

O Rio Grande do Sul vem de uma sequência de dias de tempo ensolarado e temperatura muito baixa sob a influência de uma massa de ar seco e frio de alta pressão atmosférica que ingressou no estado na última quinta-feira, após o ciclone, e foi reforçada na segunda-feira com a chegada de ar ainda mais gelado.

A Grande Porto Alegre teve hoje o segundo dia seguido de temperatura mínima na casa de 0ºC. Porto Alegre anotou 0,3ºC ontem e 1,0ºC hoje no extremo Sul da cidade. No interior, ontem e hoje foram dias de marcas muito baixas na madrugada com a menor mínima anotada nesta quarta em Pedras Altas, no Sul, com -4,2ºC.

O tempo, entretanto, muda no Rio Grande do Sul nesta quinta. O avanço de ar quente sobre a massa de ar frio sobre o estado traz chuva em diversas regiões até o fim do dia. O sol aparece com nuvens em quase todo o estado, mas a nebulosidade aumenta.


Já de manhã não se pode afastar instabilidade isolada na Metade Norte, especialmente no Noroeste do estado. No decorrer do dia, a instabilidade cresce com chuva em pontos do Oeste e, principalmente, do Centro, Sul e o Leste do estado, sobretudo da tarde para a noite.

O quadro é bastante análogo ao de uma frente quente, fenômeno comum no inverno em que há instabilidade quando ar mais quente avança de Norte sobre uma massa de ar frio instalada no Rio Grande do Sul.

A esmagadora maioria dos modelos não indica instabilidade forte, mas por excesso de cautela estamos advertindo para o risco de chuva forte isolada com raios e granizo. Isso porque frentes quentes costumam trazer raios e granizo, acompanhando chuva forte. Como não se antecipa um sistema de instabilidade grande e organizado, qualquer ocorrência será isolada.


O modelo meteorológico europeu é o único que indica a formação de núcleos de instabilidade mais fortes nesta quinta-feira no Rio Grande do Sul, afetando mais o Centro, o Sul e o Leste do estado da tarde para a noite desta quinta e na madrugada da sexta, antes de a chuva se afastar para o mar na sexta.

Na sexta, o sol aparece com nuvens em todas as regiões e a temperatura vai sofrer uma alta muito acentuada à medida que uma massa de ar muito quente começa a tomar conta do Rio Grande do Sul. As máximas já passam de 25ºC em muitas cidades.

No fim de semana, o ar muito quente cobre o estado e os gaúchos terão um sábado e um domingo de sol e nuvens com noites amenas e até quentes para esta época do ano e tardes de calor para o mês de julho com máximas perto ou ao redor de 30ºC em várias cidades.